ALE GARATTONI

Carioca em SP, leonina, mãe da MH. Este blog é o meu hobby-recreio e aqui você vai ler posts que agradam aos olhos, à mente, à energia. Com beleza, suspiros e leveza! Cuide de sua alma e inspire-se, para ser & fazer melhor.

Lifestyle

A inimiga #1 de Olivia Palermo

24 de fevereiro de 2014

Me lembro muito bem dos primeiros posts em que citei Olivia Palermo no ItGirls.com.br, lá no comecinho de 2008. Na época, ela nem sequer chegava perto da fama fashionista que carrega hoje em dia. Tampouco tinha estreado nas telinhas no reality The City (o que só aconteceria no fim deste mesmo ano), programa que a catapultou para a fama mundial. E não, não estava nos sites e revistas de moda, mas sim nas páginas de gossips do jornal NY Post – segundo o zunzunzum destes tempos, Olivia era acusada de tentar a todo custo seu lugar na cena social de Nova York, então dominada pela então it girl Tinsley Mortimer.

Tinsley Mortimer

As fofocas garantiam que Olivia, inclusive, teria enviado e-mails para as socialites da época pedindo aceitação no grupo, que teoricamente a vetava por domínio de Tinsley (a própria Olivia negava e garantia que o tal e-mail fora forjado por outra pessoa. Segundo consta, um advogado contratado por seu pai colocou todos os pontos nos is! Mas ainda há quem diga que tudo foi propositalmente armado para garantir atenção extra).

Tinsley Mortimer

Se Olivia tem – ou tinha – o gênio difícil mostrado em The City, jamais saberemos. Se ela era culpada ou inocente na fase dos tais rumores, também não. Mas é fato que ela focou, contratou um time de relações públicas, subiu, subiu, subiu e se tornou a mais comentada fashionista de Nova York. Enquanto isso… Tinsley deu uma desaparecida, se divorciou de seu então poderoso marido e atualmente tenta a carreira como autora de livro de mulherzinha. Verdade ou mentira, a história da arquiinimiga que trava um duelo para ser aceita num grupo da sociedade é contada em forma de ficção no livro de estreia de Tinsley, Southern Charm.

Uma coisa é fato: na dúvida, é melhor não comprar briga com Olivia. A moça é determinada! Tinsley até hoje tenta voltar ao topo…

Tinsley Mortimer

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Quer casar em clima petit comité?! Eis algumas dicas…

22 de fevereiro de 2014

Lá na década passada, mais precisamente em julho de 2008, optei por um casamento pequeno, íntimo, apenas para os mais próximos. Isso ainda não tinha voltado a ser uma opção – em alta – naqueles tempos, era raro, pouco se falava sobre. Talvez por isso, desde então, eu sempre tenha recebido e-mails pedindo dicas neste sentido. Talvez por isso, este especial casamento em petit comité tenha se transformado em um dos capítulos do meu primeiro livro, ItGirls. Talvez por isso até hoje me perguntem sobre este tema.

casamento pequeno

Já estava para voltar a escrever sobre esse assunto quando, no ano passado, uma amiga muito próxima optou por um esquema parecido – apenas um pouco maior, com cerca de cem convidados. O casamento pequeno é, cada vez mais, uma alternativa chique, gostosa e positivamente intimista aos super festões. E nele tudo pode caber: igreja ou não, luxos maiores ou menores, um jantar íntimo ou uma pista animada. Tal e qual em festas grandes. Tudo depende, única e exclusivamente, do gosto pessoal dos noivos…

casamento pequeno

Aproveitei as fotos maravilhosas – e a mais recente experiência – da minha amiga Maria Carvalho Miranda (Canguçu!) para ilustrar este post e re-enumerar dicas que acho válidas para uma festa de casamento em tamanho reduzido.

PARA QUEM
* noivos que tenham muitos, muitos amigos. Sim, por mais incoerente que possa parecer! A questão é que nem todo mundo pode dar uma festa para mil pessoas hoje em dia. E a lista do tal casamento padrão, de 300, 400 pessoas, se transforma em pesadelo quando se conhece muita gente. Na dificuldade do meio-termo, parte-se para o petit comité, pois qualquer pessoa entende que isso é, de fato, uma festa apenas para quem é muito, muito íntimo do casal
* noivos que optam pelo destination wedding, o casamento fora de sua cidade
* noivos que, simplesmente, prefiram comemorações íntimas!

casamento pequeno

casamento pequeno

PRIVILEGIE
* os detalhes, ahh, os detalhes! Em festas pequenas, eles sempre aparecem ainda mais. Como sempre escrevo quando falo deste tema, aproveite que a lista é menor para investir na melhor bebida, no melhor buffet… (algo que, em festas de mil pessoas, é quase impo$$ível, né?!)
* invista nas fotos e no vídeo, pois, como em qualquer festa, são estas recordações que ficam para sempre. DICA MUITO IMPORTANTE: veja referências do profissional, de preferência em um evento que siga a mesma proposta do que você vai fazer. Nem sempre o fotógrafo do casamento de mil pessoas é o ideal para a comemoração petit comité.
* se, como 99% das pessoas, você não tem um orçamento ilimitado, comece toda a programação com uma planilha (#ALoucaDaPlanilhaAtacaNovamente!). Veja no que pode gastar mais e no que pode economizar. A ideia do “something borrowed” pode, por exemplo, garantir que você não gaste, sei lá, com o sapato – use um que foi da sua melhor amiga!

casamento pequeno

CRÉDITOS DO CASAMENTO (CARIOCA!) QUE ILUSTRA A MATÉRIA
* Noivos: Maria e Cristiano
* Igreja: Ordem Terceira de São Francisco da Penitência/Convento Santo Antonio – cabem apenas 80 pessoas
* Festa: Bar inglês do Gávea Golf – cabem no máximo 150 pessoas
* FotógrafoRogério Von Krüger (eu, Ale, amei MUITO as fotos, elas que me inspiraram a fazer este post!)
* Cerimonialista: Lucili Figueiredo
* Flores: Orlando Ambrósio
* Móveis: Lonarte e Lona Cristal
* Doces: Denise do Rego Macedo
* Bolo: Ana Salinas
* Bem-casados: Elvira Bona

casamento pequeno

casamento pequeno

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Oito lições de estilo de uma fashionista russa

29 de janeiro de 2014

Se você gosta de estilo e de moda de rua, certamente já conhece o inigualável poder das russas. Apegadas às tendências do momento sem jamais perder a própria personalidade, elas dão fôlego extra a qualquer look. Pois a editora de moda Maria Kolosova se enquadra em todas estas especificações. Não por acaso queridinha dos blogs de streetstyle de todo o planeta, ela atrai as lentes porque…

1) SALPICA PITADAS DE CORES
Sempre na medida certa, sem exageros, Maria sabe brincar com as cores na hora de produzir um look mais alegre.

Maria Kolosova

2) DÁ UM QUÊ MODERNO A PEÇAS CLÁSSICAS E ATEMPORAIS
Uma simples saia lápis ganha cara nova com uma modelagem mais ousada e/ou menos básica.

Maria Kolosova

3) PRIVILEGIA SEMPRE UM AR GIRLIE
O resultado? Looks super femininos, com pés à mostra, pernas (super em dia!) de fora, minissaias que alongam…

Maria Kolosova

4) NO MEIO DO DIFERENTE, O BÁSICO
Mesmo usando peças mais ousadas, deixa como protagonista aquela basiquinha que todas temos e amamos. Ou seja, sabe valorizar o poder de uma boa camisa branca!

Maria Kolosova

5) USA PROPORÇÕES A SEU FAVOR
Se veste um casacão volumoso, contrabalança com uma calça skinny sequinha. Assim, equilibrando proporções, pode usar tudo que há na moda sem errar!

Maria Kolosova

6) TEM O PODER DE REJUVENESCER LOOKS MAIS CONSERVADORES
Quem diria que um quase-careta vestido fechado acompanhado de uma bolsa Chanel poderia ganhar um resultado super atual? No caso da imagem abaixo, a botinha fez as vezes de levanta-look. Assim, brincando com acessórios, Maria foge de qualquer excesso de conservadorismo.

Maria Kolosova

7) USA TENDÊNCIAS SEM FICAR COM CARA DE CATÁLOGO DE MODA
A jardineira jeans, tão falada, tão clicada, tão reverenciada nas últimas temporadas… ganhou um ar natural, quase sob medida, nas escolhas de Maria. Sem nenhum ar de fantasia fashionista!

Maria Kolosova

8) TEM UMA ELEGÂNCIA NATURAL QUE LEVANTA QUALQUER LOOK
O tópico final explica quase todos os anteriores! Ela tem, sim, um ótimo senso estético e bastante conhecimento de moda. Mas a verdade é que é aquele je ne sais quoi, aquela elegância nata, que segura qualquer escolha de estilo!

Maria Kolosova

{imagens: stockholmstreetstyle, Vanessa Jackman, FabSugar}

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…