ALE GARATTONI

Carioca em SP, leonina, mãe da MH. Este blog é o meu hobby-recreio e aqui você vai ler posts que agradam aos olhos, à mente, à energia. Com beleza, suspiros e leveza! Cuide de sua alma e inspire-se, para ser & fazer melhor.

Lifestyle

Para quem gostou de ler “Roube Como Um Artista”…

12 de novembro de 2013

Nas últimas semanas tenho comprado muitos, muitos livros – todos no estilo “leitura-recreio” que amo – e, certamente, logo, logo, terei novidades para trazer para a tag mesinha de cabeceira (a verdade é que tenho comprado mais do que dou conta de ler na minha rotina atual, mas… devagar e sempre!). Mas eis que, arruma daqui arruma dali, encontrei um livro que li no ano passado todo grifado – já contei que só consigo ler com caneta marca-texto amarela nas mãos?! E folheando os trechos marcados, percebi que ele seguia bastante a linha do Roube Como Um Artista, livro que indiquei aqui há três meses e agradou em cheio aos leitores.

Pois bem, se você também curtiu a linha óbvia-porém-inspiradora do RCUA é bem provável que goste dos chacoalhões que Seth Godin nos dá com seu Quebre as Regras. Tal e qual minha indicação passada, esta é recheada de injeções de criatividade e de explicações que mostram por que você anda estacionado na sua evolução, pessoal ou profissional. Tal e qual seu “primo” mais novo, fala um pouco de tudo aquilo que no fundo a gente já sabe, mas de uma maneira que nos sacode e garante resultados imediatos.

Quebre as Regras

Por essas e por outras, indico e reforço: se você é fã de Roube Como Um Artista e – como quase todo mundo que o leu – ficou com gostinho de quero-mais, pode embarcar nesta dica e comprar já Quebre as Regras. Aos interessados, aqui vai o link! Boa leitura!

Capa Quebre as Regras

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

O meu mais novo livro favorito do mundo

15 de agosto de 2013

Sensação de estar fazendo a coisa certa, identificação profunda e imediata e uma espécie de raivinha por não ter, eu mesma, escrito estas páginas (saca quando a ideia é tão boa e tão próxima dos seus conceitos que você se culpa por não ter feito antes?!): foi esse mix de sentimentos que descreveu meu primeiro contato com o livro Roube Como um Artista, cujas frases eu comecei a ver em algumas mídias sociais aqui e ali recentemente.

Roube como um Artista capa

Conheço muitas pessoas que, quando leem um livro muito bom, preferem não passar adiante a dica e guardam aquilo como uma espécie de segredinho pessoal. Nunca consegui ser assim – se gosto de algo saio fazendo boca a boca até em elevador –, nunca entendi isso e, em uma das páginas da publicação, me senti abraçada. É essa mesmo a ideia, compartilhe, indique, ensine o que sabe. E é por isso que, mais do que nunca, me senti na OBRIGAÇÃO de vir a público dizer que TODO MUNDO PRECISA LER ESTE LIVRO JÁ! Meu desejo mais imediato é comprar uma dúzia de cópias e sair distribuindo para pessoas que amo.

Os tópicos são simples, quase banais, mas o texto é desenvolvido de uma maneira tão gostosa e com exemplos tão inspiradores que é impossível sair da leitura do mesmo jeito que entrou. Livro-chacoalhão, como eu carinhosamente chamo aqueles que mexem positivamente comigo.

Por ora, só li alguns trechos salpicados e aleatórios, sem uma ordem lógica, mas me identifiquei – e me inspirei – com todos. Por isso, recomendo desde já que você comece a leitura junto comigo!

Em tempo: a versão em português A-CA-BA de ser lançada e, nesta quarta-feira (14.08), tive que pedir para a vendedora buscar no estoque a remessa que tinha acabado de ser entregue na livraria, mas vi que ele está disponível já no site da Livraria Cultura, que é meu lugar favorito para comprar livros atualmente (fui tão mal atendida na livraria que fui hoje que só conseguia me perguntar por que eu estava traindo o site da Cultura!). Enfim, comprem aqui! E depois vamos trocar figurinhas sobre, ok?

Roube como um Artista contracapa a contracapa muito maravilhosa com os tópicos abordados
(só achei a imagem na versão original em inglês)

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

O que a Disney ensina a todas as empresas

29 de maio de 2013

Você ama o Ursinho Pooh, se diverte horrores na Space Mountain e guarda com carinho aquele moletom do Mickey que marcou sua adolescência. Mas, saiba você, a Disney pode influenciar muito mais seu cotidiano! O padrão de serviços da empresa é tamanho que se tornou referência para muitos profissionais no mundo todo – a ponto de ter uma espécie de universidade interna, que passa adiante essa formação em excelência, o Disney Institute (#MeuSonho!).

castelo Disney

Enquanto o curso ainda é privilégio para poucos empresários e diretores de grandes companhias de todo o planeta, os livros do Disney Institute ajudam a levar um pouco desse universo para mais e mais pessoas. Eu, que desde que assisti a um documentário sobre o tema na faculdade (oi, século passado!) sou fascinada pelo assunto, li e recomendo O Jeito Disney de Encantar Clientes. A publicação mostra como levar o padrão da terra do Mickey para qualquer tipo de negócio, de salões de beleza a hospitais. Se você tem – ou sonha com – um business próprio, atenção ao top 5 de dicas…

lições livro Disney

Quer saber mais?! O livro em português pode ser comprado diretamente neste link aqui!

rodapé licença

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…