ALE GARATTONI

Carioca em SP, leonina, mãe da MH. Este blog é o meu hobby-recreio e aqui você vai ler posts que agradam aos olhos, à mente, à energia. Com beleza, suspiros e leveza! Cuide de sua alma e inspire-se, para ser & fazer melhor.

Lifestyle

As mulheres {lindas!} que estão me levando para a cozinha

28 de maio de 2014

Admito, a cozinha nunca foi o meu forte – nem perto disso! Não consigo entender minha falta de afinidade com panelas, aliás. Quando era criança, fazer comidinhas era minha brincadeira favorita e, segundo minha família, eu ficava vidrada na TV quando programas de culinárias iam ao ar. Mas acho que cozinhar exige uma paciência com o processo que nunca tive. Demora, pode levar horas e eu sou ansiosa, prática e excessivamente objetiva por natureza. Mas, sabe-se lá por que, de uns tempos pra cá, esse universo anda me atraindo mais e mais…

Uma entradinha rápida aqui, um petisco fácil acolá, começo a por meus pezinhos na cozinha. Mas, mais do que isso, começo mesmo a me sentir atraída por referências de ouro, que enchem os olhos e aumentam o desejo de assumir as caçarolas. E lero-lero à parte, são três as responsáveis por esse meu súbito interesse.

NA COZINHA COM CAROLINA
O livro de culinária da atriz Carolina Ferraz, uma fera também no fogão, é recheado de imagens lindas e receitas fáceis. Ainda estou no nível pré-pré-pré-iniciante, mas ao menos já existe o apego à leitura. Para comprar, clique aqui!

livro Carolina

livro Carolina

A COZINHA PRÁTICA DA RITA
Ex-modelo, Rita Lobo tem apreço especial pela estética da coisa – o que, a meu ver, deixa a culinária ainda mais interessante. Seu programa no GNT me dá vontade de fazer compras de apetrechos culinários para ter uma cozinha igual a dela! Didática, deixa tudo simples e faz pratos de-li-ci-o-sos. Excelente referência.

programa Rita Lobo

AS AZEITONAS DA THE
Explicando o subtítulo: Thereza, blogueira do Fashionismo, postou em seu Decorismo – área especial do blog dedicada a décor e coisas de casa – uma receita de azeitonas marinadas absurdamente fotogênicas. Eu, uma viciada em azeitonas assumida, não sosseguei até copiar. Eu sei, eu sei, não dá pra dizer que sei cozinhar só porque juntei um monte de azeitonas, meia dúzia de temperos e um litro de azeite num potinho, mas, pra quem nunca se aventurou neste universo, não deixa de ser um avanço, vai?! Em tempo: as tais azeitonas marinadas são parte de uma tag ótima, chamada Gastro de Sexta!

azeitonas decorismo

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Ansiedade máxima: como lidar?!

27 de abril de 2014

Dias atrás comecei a ler um novo livro e, já nas páginas iniciais, tive (e segui!) o impulso de marcar um trecho e instagramá-lo. Na mesma hora, vinha à minha mente a frase “mídia social errada, Alessandra!”, pois é fato que o instagram é muito mais para imagens do que para textos. Mas, surpreendentemente, a foto em questão logo reuniu várias curtidas, vários comentários – perdendo em popularidade apenas para os cliques de MH, o que é compreensível, porque ela é muito fofa! (#MãeCoruja) Brincadeiras à parte, o que fez com que a reprodução do tal parágrafo tocasse tanta gente?

trecho livro Ansiedade

O livro em questão era Ansiedade (clique no link para ver e/ou comprar o seu!), do psiquiatra Augusto Cury, que página pós-página mostra como a maior parte da população mundial sofre os efeitos da síndrome do pensamento acelerado. Que apresenta os fatores externos que nos levaram a esta realidade. Que ilustra quais são os sintomas e efeitos de tal situação – espero que mostre também algumas dicas para frear este processo, mas ainda estou na metade da leitura! Como ainda não me curei da tal ansiedade, quis fazer este post já agora, antes mesmo de terminar o livro, com algumas dicas pessoais do que estou tentando trazer para minha vida, baseada nas inspirações que vieram com a publicação…

livro Ansiedade

QUER CONTROLAR SUA ANSIEDADE?!

* Reduzir mídias sociais é preciso!
A gente nem percebe, mas vive, hoje, em um looping de nomes em inglês que perturbam nossa paz: posts, likes, tags, mentions… Por looping, entenda: posta no instagram, vai ler a timeline do Facebook, volta no instagram pra ver os likes, é interrompido pela notificação de uma mention no Twitter, vai comentar no grupo do Facebook e… começa tudo de novo! Não tem como ter tantos perfis, tantas mídias, tanta atividade, tanta liberdade para estar neles a qualquer momento e querer manter a sanidade. Abrir mão de algumas coisas (deletei meu perfil pessoal no FB, Deus conserve essa decisão!) e estipular limites para outras vai fazer com que se sinta mais leve.

* Listas fracionadas – e realistas
Colocar as pendências no papel sempre ajuda a controlar a ansiedade. Ou quase sempre! Se a lista fica gigante e a quantidade de tarefas, impossível de concluir, é provável que o pensamento fique mais acelerado – no meu caso, essa é a receita ideal para eu não conseguir fazer nada, o excesso me paralisa! Separe as listas em várias listas menores, divida as tarefas dia a dia (por nível de urgência e importância) e torne seu objetivo mais realista.

* Foco monotemático, por favor
Taí uma característica especialmente feminina que é maravilhosa e terrível ao mesmo tempo: somos multitarefas, conseguimos assistir filme, lixar unha, postar no blog, responder e-mails e ler revista ao mesmo tempo. Mas, sem perceber, essa realidade múltipla não nos deixa estar inteiras em nada – e, de quebra, alimenta com força a tal ansiedade. Com a ajuda das listas fracionadas do tópico anterior, viva uma coisa por vez, na medida do possível. Nada de se preocupar, em uma mesma tarde, com o trabalho importante pra desenvolver, a festinha das crianças pra organizar, os voos para agendar, a academia para retomar e a pilha de e-mails para responder. Foco monotemático aumenta a produtividade e reduz a aceleração negativa do pensamento!

E você?! Qual sua dica anti-ansiedade?! O que funcionou pra você?! Receitas são muito bem-vindas nos comentários!

p.s. criei mais um blog aqui dentro dos blogs! Os textos da tag Primeira Pessoa que não se encaixam em nenhum dos cinco temas principais agora estarão em alegarattoni.com.br/PrimeiraPessoa!

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

À moda das francesas: três livros-inspiração

30 de janeiro de 2014

É fato: o estilo e os hábitos de consumo {mais consciente, menos exagerado} das francesas sempre inspiram, e muito, quem ama moda – você já leu posts sobre as razões deste poder de inspirar aqui e aqui. Mas a boa notícia para as fãs desta estética simples e elegante é que é possível ter mais e mais referências para buscar o tal minimalismo chic sem esforços: há, nas livrarias gringas, uma boa quantidade de livros a respeito do tema!

francesas Jak & Jil

Stuff Parisians Like
QUEM ESCREVEU: um autêntico parisiense que promete explicar os tais segredos de comportamento fugindo de todo e qualquer clichê!
FALA DE… moda, beleza e até sobre como coordenar cores e peças à francesa!

Ooh La La!
QUEM ESCREVEU: a autora teve a avó francesa como uma espécie de tutora de comportamento, estilo e beleza. E promete a tradução didática de todos estes valiosos conselhos familiares, que garantem segurança extra às “seguidoras”!
POR QUE LER: leve e divertido, mostra até os hábitos das francesas em relação a salões de beleza, manicures e afins

Paris Street Style
QUEM ESCREVEU: uma dupla de escritores franceses que buscou na moda de rua os ensinamentos que compartilha
PARA LEITORES… que se inspiram mais com imagens e referências estéticas do que textos ou teorias! O livro é super bem ilustrado.

livros francesas

{imagem: Jak & Jil}

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…