ALE GARATTONI

Carioca em SP, leonina, mãe da MH. Este blog é o meu hobby-recreio e aqui você vai ler posts que agradam aos olhos, à mente, à energia. Com beleza, suspiros e leveza! Cuide de sua alma e inspire-se, para ser & fazer melhor.

Primeira Pessoa

Quem mudou de vida por conta de Comer Rezar Amar?

23 de setembro de 2015

Alguém ainda duvida que a onda colaborativa é a bola da vez? Pois bem, Liz Gilbert {a autora de best-seller de Comer Rezar Amar que nunca mais deixou de ficar ligada nos que é a tendência do momento} se prepara para lançar um livro a muitas mãos. Sim, seu mais recente sucesso literário, sabe-se, inspirou mulheres do mundo todo a saírem pelo mundo, a se re-descobrirem, a mudarem de rumo – quem, ali na faixa dos 20-30 anos, não se pegou desejando emitir um bilhete de ida sem volta quando acabou a leitura e/ou quando saiu do cinema? Pois muitas delas levaram a sério o que para outras pode ter sido um leve desejo inconsciente. E Liz quis ouvir essas histórias. O resultado é Eat Pray Love Made Me Do It.

Comer Rezar Amar

O livro é uma coleção de relatos de leitores que, depois de devorarem as páginas  do livro, tiveram a sensação mais perigosa e excitante de suas vidas: a de perceber que tudo pode ser mudado. Mandaram, então, suas experiências para a autora e ela ficou extremamente grata por isso – declarou, em seu Facebook, que ama poder participar de tantas mudanças positivas na vidas das pessoas. Algumas das histórias foram selecionadas {ainda não há divulgação da quantidade e de nomes dos colaboradores porque os contratos ainda não foram assinados} por Liz e sua equipe e deram origem a esse novo volume. A previsão é de que o livro seja publicado em 2016, quando também se comemora os 10 anos da primeira edição de Eat Pray Love. Já na fila da livraria!

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Biblioteca de moda: os lançamentos da temporada

1 de setembro de 2015

Os apaixonados por livros de moda vão precisar segurar o cartão de crédito com força – nestes tempos de dólar-não-muito-amigo – para não caírem em todas as tentações do semestre. Até o fim do ano, uma leva generosa de novos títulos chega às prateleiras das livrarias internacionais. Para facilitar sua própria curadoria, eis um top 5 do melhor entre o melhor…

top 5 livros de moda

1) Coco Chanel – The Illustrated World of a Fashion Icon
o que: assinado pela renomada ilustradora Megan Hess, apresenta 100 momentos-chave da história da eterna Gabrielle Chanel
por que: é uma aula de história da moda, indispensável para quem trabakha na área ou apenas ama o assunto
quando: 15 de outubro
quanto: US$18,71, aqui

2) Dior: The New Look Revolution
o que: livro da exposição dedicada ao icônico tailleur Bar – modelagem que foi o início do famoso movimento New Look –, que rola até novembro em Granville
por que: as páginas são recheadas de raros desenhos e esboços do modelo de Christian Dior que foi uma verdadeira revolução na história da moda
quando: segunda quinzena de setembro
quanto: US$ 31,21, aqui

3) Valentino Mirabilia Romae
o que: uma homenagem à cidade italiana, com um mix de criações da alta-costura e fotos da inspiradora arquitetura romana
por que: mais do que um livro de moda, é um daqueles objetos de decoração na medida para colecionadores
quando: até o fim de setembro
quanto: US$ 160,20, aqui

4) Audrey Hepburn: Portraits of an Icon
o que: uma coleção de cliques da atriz, com mix de campanhas publicitárias, capas de revista e até fotos de família
por que: os registros incluem imagens registradas por nomes como Richard Avedon, Cecil Beaton e Irving Penn
quando: à venda a partir de hoje
quanto: US$ 26,49, aqui

5) Love, Style, Life – Garance Doré
o que: a versão impressa do estilo da francesa, uma das mais conhecidas da primeira geração de blogueiras de moda
por que: a estreia de Garance como escritora mistura seus trabalhos {como fotógrafa, designer e blogueira} e lembranças e amores na ponte-aérea Paris-NY
quando: no fim de outubro
quanto: US$ 17,44, aqui

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Aos 50 anos, Cindy Crawford lança biografia ilustrada

30 de julho de 2015

Becoming Cindy Crawford

Sim, ela foi a modelo-ícone da primeira geração de supermodels, entre os anos 80 e 90. Sim, ela fez parte da geração que elevou a cifras milionárias os cachês publicitários – em 95, foi eleita a top mais bem paga pela revista Forbes. Sim, ela foi inspiração e referência de beleza de uma geração de mulheres. Sim, ela está na capa de sua própria biografia mostrada acima, que será lançada em comemoração ao seus 50 anos, idade que ela festejará no próximo mês de fevereiro. Sim, cinquenta!

família Cindy Crawford
Rande, Presley, Cindy e Kaia {reprodução US Weekly}

Casada há 17 anos com o empresário Rande Gerber e mãe de Presley (16) e da nova-modelo Kaia (14), Cindy Crawford é um dos maiores exemplos de beleza e comportamento no mundo da moda {jamais se ouviu escândalos com seu nome e sua fama sempre foi de uma super-profissional}. Em Becoming by Cindy Crawford, compartilha histórias de vida, carreira, família e lições aprendidas em anos de fotos e passarelas na publicação. Tudo, claro, lindamente ilustrado por algumas de suas imagens mais icônicas – entre sessões de fotos, campanhas, capas e cliques exclusivos, jamais publicados até então.

Cindy Crawford
Cindy aos 49 anos

A biografia inclui ainda reflexões sobre a chegada dos cinquenta e o que ela diria hoje à versão mais jovem de si mesma se tivesse a oportunidade. E promete ser não apenas uma peça de colecionador para fashionistas – por conta do pot-pourri de cliques de nomes como Annie Leibovitz, Arthur Elgort, Helmut Newton, Herb Ritts, Irving Penn, Patrick Demarchelier e Richard Avedon –, mas também um manifesto de auto-estima, auto-consciência e inspiração de vida e trabalho!

A pré-venda já está disponível na Amazon americana e o lançamento oficial é no dia 29 de setembro.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…