ALE GARATTONI

Mãe da Maria Helena, profissional de branding e apaixonada por moda e beleza! Meu blog é o espaço "hora do recreio" no qual divido dicas, inspirações, apostas no universo das it girls e minha vida primeira pessoa na maternidade.

Amo Branding

Diário da mãe empreendedora: novidades nas prateleiras

23 de novembro de 2015

A biblioteca de empreendedorismo é um corredor eterno, com mais e mais títulos, mais e mais lançamentos, mais e mais descobertas (de títulos que já existiam) a cada semana. Mas adquirir repertório, você sabe, é uma das melhores maneiras de se preparar, de estimular a criatividade e de desenvolver ideias. Na medida para quem está em busca de opções de leitura na área, uma lista do que andei comprando nos últimos tempos…

livros sobre empreendedorismo

Empreendedores Extraordinários, John Byrne: histórias extraordinárias inspiram pessoas extraordonárias a começarem um negócio extraordinário – essa foi a conclusão do autor ao decidir abrir sua própria empresa, depois de uma conversa com o dono da rede Starbucks. Por que não ajudar outras pessoas a seguirem pelo mesmo caminho? Essa é a proposta do livro, na medida para quem procura por um empurrãozinho e motivação extra.

Reimagine!, Tom Peters: ícone sobre as teorias de excelência e autor da matéria que trouxe ao mundo o conceito de branding pessoal, em 1997, o escritor fala sobre a importância de se adaptar a novos cenários e demandas.

MAIS: Dez Razões para Ler Mais Sobre Tom Peters

A Apple Depois de Steve Jobs, Yukari Kane: que Steve Jobs revolucionou o mundo tecnológico todo mundo sabe. Mas, como bom líder, era preciso deixar em sua empresa pessoas responsáveis por perpetuar a cultura organizacional, de modo que a marca vivesse por gerações além da dele. Nesse livro, Yukari Kane detalha a liderança de Tim Cook e como os novos rumos podem afetar todo o mercado a sua volta. Boa pedida de leitura para quem quer que sua marca vá além de seu próprio nome.

A Arte do Começo, Guy Kawasaki: empreendedor criativo e ultra-carismático (a palestra que leva o mesmo nome é imperdível e pode ser encontrada no YouTube), Kawasaki trabalhou na Apple antes de se lançar em suas próprias startups. Fera em internet e heavy user de redes sociais, ele defende a ideia de começar, apenas começar!

Briga de Cachorro Grande, Fred Vogelstein: Apple e Google, iOS e Android. Duas empresas gigantes, dois sistemas fantásticos e uma briga que atinge todo o mundo. Retratar esse batalha foi a missão de Fred Vogelstein, em um livro que conta os bastidores e os entraves entre duas potências tecnológicas.

Escolha Você, James Altucher: entre ascenções e quedas na vida pessoal e profissional, o autor-empresário descobriu que suas experiências podiam servir de alerta ou lição pra muita gente. Assim nasceu o livro, que reúne impressões e constatações que provam que a estabilidade está dentro da pessoa (e não numa empresa x ou y).

MAIS: 10 Dicas de Livros para Empreendedores

Extra, extra: lançamentos do fim de ano
Este fim de 2015 está especialmente caprichado para que curte leituras sobre empreendedorismo. Três novos títulos – que já nascem com vocação para best-seller – surgem nas prateleiras nos próximos dias…

livros sobre empreendedorismo

GERAÇÃO DE VALOR 2: um dos grandes ídolos do novo movimento empreendedor, Flavio Augusto lança a continuação de seu primeiro best-seller com o slogan “Plantando sonhos, colhendo conquistas”. Tal e qual no anterior, a ideia é trazer dicas para pensar fora da caixa e inspiração para começar a trabalhar em cima dos próprios sonhos mesmo em tempos ruins. “Transforme cada desafio e cada dificuldade em motivação”, diz o autor.

BELEZA NATURAL: uma história que é uma aula de métodos, persistência, posicionamento e sucesso, além de uma inspiração para todo mundo. Sim, leitura obrigatória o case dos empreendedores de origem muito simples que se transformaram em ícones dos negócios – e em negócio milionário, por tabela! A jornalista Liana Melo narra na íntegra a trajetória do salão especializado em cabelos cacheados que começou como um negócio de bairro e hoje conta com mais de 40 unidades espalhadas pelo país. A noite de autógrafos acontece no dia 26.11 na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (SP) e no dia 28.11 na Saraiva do Norte Shopping (RJ).

DICAS DE MULHERES INSPIRADORAS: mais de 40 mulheres de sucesso em diferentes áreas dividem suas histórias, suas maiores conquistas e seus desafios profissionais – incluindo conselhos para inspirar o público feminino a se tornar cada vez mais protagonista da própria trajetória. Entre os nomes, Ana Luiza Trajano, Chieko Aoki, Costanza Pascolato e Carolina Ruhman Sandler (autora do livro Finanças Femininas e palestrante do workshop Planeje 2016!). O lançamento é no dia 3.12 na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi (SP).

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Amélias Online

Por que Marie Kondo está mudando a minha vida

13 de outubro de 2015

Faz apenas algumas horas que Marie Kondo entrou na minha vida, para falar a verdade. Havia estado com o livro dela – best-seller mundial – nas mãos meses atrás em uma livraria, logo que ele foi lançado no Brasil. Mas achei que não seria pra mim: sou super organizada, não tenho {ao menos achava que não tinha} tendência a ser acumuladora e tenho muitos planetas em virgem no mapa astral, o que sempre me fez acreditar que arrumação não era uma dificuldade em minhas habilidades. Ao contrário. Sempre brinquei que não entendia por que alguém contratava pessoas para organizar a casa, o que, no meu ponto de vista semi-virginiano, seria o equivalente a contratar alguém para comer batata-frita por você!

Mas aí, eu, que me achava não-acumuladora, estava em mais uma dessas madrugadas no site da Amazon Brasil, meu lugar favorito para comprar livros há tempos – eles conseguem preços surpreendentes, com descontos inacreditáveis. E na minha dificuldade de fechar o carrinho com apenas um ou dois títulos, incluí Marie Kondo na conta. O livro ficou ali umas duas, três semanas me olhando e, embora minha curiosidade sobre o revolucionário método de arrumação da japonesa fosse aumentando, eu segui adiando o começo da leitura. Já julgo como auto-boicote! Na última noite, finalmente, li a primeira página. E segui sem parar, completamente obcecada, até a metade do livro.

livro Marie Kondo

E é sobre isso que venho falar neste post: parem tudo que estiverem fazendo e comprem este livro {ou peguem de alguém que o leu e certamente o descartará no fim do processo!}. Eu, você, sua amiga super bem-sucedida e aquela prima que vive perdida na vida nos auto-sabotamos. Em menor ou maior grau, todos nos sabotamos. E embora o livro seja sobre uma técnica agressiva de descarte de itens – você não deve escolher o que quer se desfazer, como é padrão nas organizações, mas sim o que quer manter em seu acervo, que deve ser apenas o que de fato o faz feliz –, os insights que ele te traz vão muito, muito além.

Para se ter uma ideia, eu de cara descobri que sou, sim, acumuladora. Mesmo com as enormes baixas semestrais, eu tenho mais roupas do que preciso, mais livros do que sonharei em ler, mais papelada do que há necessidade. Que minha filha tem vinte vezes mais bonecas do que deveria e que seu quarto vive bagunçado porque nunca foi organizado corretamente. Mas o mais importante é a maneira óbvia que tudo se interliga e te mostra que você para sua energia por auto-boicote. Que o tal apego à desorganização atrasa planos, suga tempo, tira foco das reais prioridades.

marie kondo

Bônus? Os formatos de consultoria de Marie Kondo, embora em uma área completamente diferente, me trouxeram ideias para os meus próprios modelos de consultoria individual de branding. Porque ela ensina que para mudar um hábito e se proteger do efeito-rebote {a organização virar uma bagunça novamente ou a perda de peso trazer todos os quilos de volta, por exemplo} é preciso a gente perguntar o porquê do porquê. Que é só depois de mergulhar uns cinco graus de porquês adentro que vem a resposta do que nos motiva àquela mudança, àquela decisão. O motivo pelo qual você quer ter sua casa arrumada ou a razão pela qual quer organizar o posicionamento de seu negócio ou de sua marca pessoal precisam estar 100% claros para você. Parece óbvio, mas não é. Só entendendo qual seu objetivo final depois dos tais cinco porquês – que geralmente têm como resposta ser e estar mais leve e mais feliz – é que você consegue introjetar as mudanças e fazer delas novos hábitos.

Ainda não terminei o livro (dá pra ler de uma só vez, acho que termino hoje à noite) e ainda não comecei a parte mais divertida, a do descarte geral para rearrumação, mas já estipulei várias ações e mudanças. Já reconheci várias lacunas de auto-sabotagem. Já comecei minhas listas de porquês. Já estipulei datas de lançamentos adiados e re-adiados. E, em meio livro, Marie Kondo já fez maravilhas na minha cabeça. Por essa e por outras, ache você que precisa ou não dessa arrumação agressiva, admita você que se auto-boicota ou não, priorize/acredite você uma energia mais limpa ou não, pare tudo e vá atrás desse livro!

Marie Kondo Time
Marie Kondo, japonesa, 30 anos, mais de dois milhões de livros vendidos e nomeada uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela revista Time

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Primeira Pessoa

Quem mudou de vida por conta de Comer Rezar Amar?

23 de setembro de 2015

Alguém ainda duvida que a onda colaborativa é a bola da vez? Pois bem, Liz Gilbert {a autora de best-seller de Comer Rezar Amar que nunca mais deixou de ficar ligada nos que é a tendência do momento} se prepara para lançar um livro a muitas mãos. Sim, seu mais recente sucesso literário, sabe-se, inspirou mulheres do mundo todo a saírem pelo mundo, a se re-descobrirem, a mudarem de rumo – quem, ali na faixa dos 20-30 anos, não se pegou desejando emitir um bilhete de ida sem volta quando acabou a leitura e/ou quando saiu do cinema? Pois muitas delas levaram a sério o que para outras pode ter sido um leve desejo inconsciente. E Liz quis ouvir essas histórias. O resultado é Eat Pray Love Made Me Do It.

Comer Rezar Amar

O livro é uma coleção de relatos de leitores que, depois de devorarem as páginas  do livro, tiveram a sensação mais perigosa e excitante de suas vidas: a de perceber que tudo pode ser mudado. Mandaram, então, suas experiências para a autora e ela ficou extremamente grata por isso – declarou, em seu Facebook, que ama poder participar de tantas mudanças positivas na vidas das pessoas. Algumas das histórias foram selecionadas {ainda não há divulgação da quantidade e de nomes dos colaboradores porque os contratos ainda não foram assinados} por Liz e sua equipe e deram origem a esse novo volume. A previsão é de que o livro seja publicado em 2016, quando também se comemora os 10 anos da primeira edição de Eat Pray Love. Já na fila da livraria!

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…