ALE GARATTONI

Carioca em SP, leonina, mãe da MH. Este blog é o meu hobby-recreio e aqui você vai ler posts que agradam aos olhos, à mente, à energia. Com beleza, suspiros e leveza! Cuide de sua alma e inspire-se, para ser & fazer melhor.

Lifestyle

Os livros de cabeceira de Gisele Bündchen

30 de julho de 2017

Pode reparar: as mais inspiradoras pessoas de todas as áreas sempre têm boas dicas de livros para compartilhar – a leitura é, afinal, sempre uma poderosa fonte de evolução. E a super-über-maxi-top-modelo desta geração não é exceção à regra. Dias atrás, mostrou em seu Instagram Stories qual era seu livro de cabeceira da vez. E, em entrevistas, já citou alguns outros que fizeram diferença em sua vida e carreira. Eis um top 3 com o aval de Gisele Bündchen!

livros de cabeceira de Gisele Bundchen

Mais recente indicação de Gisele no Stories, Good People {disponível apenas em inglês} foca na importância das pessoas como o grande ativo das empresas – e em como os valores são ainda mais importantes do que as competências profissionais. “Um currículo fantástico não compensa um caráter medíocre”, resume o autor da publicação.

livros de cabeceira de Gisele Bundchen

Um verdadeiro clássico – que já apareceu algumas vezes aqui no blog! –, Os Quatro Compromissos foi citado pela modelo em entrevistas e é um livro que todo mundo deveria ler {e reler!} na vida. Baseado na sabedoria tolteca, descreve quatro atitudes que garantem uma trajetória mais leve e feliz: “Seja impecável com a sua palavra; Não leve nada para o lado pessoal; Não tire conclusões; Sempre dê o melhor de si”. Mais a cara de Gisele, impossível!
p.s. nem sempre é fácil de encontrar à venda, vira e mexe ele fica esgotado, mas restam algumas últimas unidades com esta capa na Amazon!

Por fim, o título que talvez seja a origem do sucesso da supermodelo. É sabido que, desde o dia zero de sua carreira, ela planejou cada passo e cada escolha profissional. Seu mentor? O pai, Valdir, também profissional de marketing e escritor. Como Construir a Si Mesmo é seu livro mais comentado e, ao que se diz, conta muita do que o autor usou a favor da trajetória da filha famosa. Um único porém: esgotado na editora, é difícil de encontrar até mesmo em sebos.

livros de cabeceira de Gisele Bundchen

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

À moda das meninas do Yoga: quatro marcas de roupas-desejo!

27 de julho de 2017

Por mais desapegada e minimalista que se esteja, ao entrar no mundo da Yoga é difícil não querer aderir também ao estilo das praticantes mais assíduas. Saem shorts, tops, tênis pesadões; entram os collants, leggings compridos de cintura alta, polainas (alegria extra para as nostálgicas dos anos 80!). Os tecidos são mais levinhos, as cores são mais contidas. A moda já percebeu isso e cada vez mais surgem marcas apostando nessas combinações. Algumas tinham como foco roupas para ballet e danças em geral, mas as peças atendem perfeitamente aos movimentos das iogues – e não por acaso já se tornaram uniformes extra-oficiais de várias adeptas da prática. Resista se puder!

meninas do Yoga
imagem: Yoga via Shutterstock

2PEACE2DANCE
Apesar de ter nascido com foco em peças para ballet – e dentro do Anacã, um espaço de aulas de dança –, a marca é perfeita para as moças iogues mais cheias de estilo. Tem uma modelagem naturalmente chique que deixa qualquer look elegante já na largada!
Aposte: a linha de collants é bem incrível, dá vontade de ter um de cada! E eles fazem par perfeito com as polainas super atuais, sem carinha de “saí dos anos 80”!
Item-desejo: o collant Sophie marinho, de mangas longas e recorte nas costas, é perfeito nestes dias mais frios!
No instagram: @2peace2dance
Onde vende: tem um ateliê em Pinheiros e o próprio e-commerce no site oficial. Vi algumas peças também no Una Yoga!

2peace2dance

PADE D
A marca, também com inspiração no universo do ballet, nasceu porque suas sócias não encontravam peças confortáveis para os passos de dança. O estilo vai além das aulas e cabe até no dia a dia off-exercícios!
Aposte: nos maxitricôs e moletons, para chegar e sair de suas práticas.
Quem usa: Camila Espinosa e Renata Fischer Fernandes são parte do time de musas oficiais da marca {as #garotapaded!} e fazem também as vezes de garotas-propaganda das coleções.
Item-desejo: a legging Jazz vinho, com recortes na lateral e detalhe na cintura alta.
No instagram: @pa_de_d
Onde vende: em seu espaço no Jardim Paulista (SP) ou online no Shop2gether.

Pade D

Pade D

YOGINI
Ao contrário das outras citadas aqui no post, esta nasceu com a essência das yoginis até no nome! Foi criada, por sinal, quando sua fundadora se apaixonou pelo universo da Yoga e quis traduzir em peças para quem pratica. Tem desde o tapetinho até roupas para usar “além das posturas”!
Aposte: nos tricôs fininhos e no tapetinho Eco, primeira peça indispensável para quem vai praticar Yoga.
Quem usa: Teca Toscano e Paulinha Oliveira estão sempre vestidas de Yogini dos pés à cabeça em seus eventos da Wings!
Item-desejo: o conjunto de legging e body Celine, em camurça nude.
No instagram: @yoginibrasil
Onde vende: além de seis lojas próprias em São Paulo, vende online no site oficial.

Yogini

Yogini

BALLETTO
Peças tecnológicas e modelagem impecável: essa é a proposta da marca de ballet que nasceu em 2014. A coleção é completíssima e, para as mamães de mini-bailarinas, inclui também Balletto Bambini, linha infantil assinada por Mariana Kupfer.
Aposte: na linha Bio Attivo Anticelulite, que promete (com comprovação por estudos) redução dos sinais de celulite, aumento da elasticidade da pele, redução da fadiga muscular, aumento da performance esportiva e equilíbrio térmico.
Item-desejo: o casaqueto de matelassê rosa, para sair da aula em grande estilo!
No instagram: @BallettoOfficial
Onde vende: tem uma flagship na Vila Nova (SP), uma loja no shopping Cidade Jardim e o e-commerce próprio, além de uma seleção disponível no Shop2gether.

Balletto

Balletto

SaveSave

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Cabelo da vez: o corte em camadas voltou!

25 de julho de 2017

Tendências capilares vêm e vão… Quem não aderiu ao corte médio que teve Olivia Palermo como sua legítima representante anos atrás? E como esquecer a fase da franjinha, que pegou de jeito até a mais resistente? A verdade é que há um bom tempo os fios retos dominavam a preferência em todos os comprimentos. Mas isso começa a dar sinais de mudança e os cortes em camadas assimétricas – que eram praticamente a única opção nas décadas passadas – voltam com força total.

corte em camadas thassia naves

Na semana passada, Renata Souza, do Spa Dios, compartilhou a mudança nos cabelos de Thassia Naves. Nas palavras da cabeleireira, o corte aumenta o movimento dos fios. Quem também opta pelo comprimento irregular é Daniella Sarahyba, que busca mais leveza no visual. Já em Nova York, é a musa health coach Melissa Wood que desfila com seu cabelão enorme repicado. Ah, e atenção: embora as três citadas no post sejam do time dos longos, o efeito funciona bem também nos médios. Vale uma busca inspiracional no Pinterest!

corte em camadas Melissa Wood

corte em camadas Daniella Sarahyba

Daniella Sarahyba

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…