ALE GARATTONI

Carioca em SP, leonina, mãe da MH. Este blog é o meu hobby-recreio e aqui você vai ler posts que agradam aos olhos, à mente, à energia. Com beleza, suspiros e leveza! Cuide de sua alma e inspire-se, para ser & fazer melhor.

Lifestyle

Julie Pelipas, a musa da geração-brincão

19 de agosto de 2017

Deu no Business of Fashion: o maxi-brinco é, definitivamente, a tendência oficial da geração-selfie – em tempos de cliques focando apenas no rosto, o acessório que mais dá destaque ao visual leva mesmo a melhor! Segundo a matéria, de olho neste comportamento de consumo, das mais básicas fast-fashion às mais famosas (e caras) joalherias, todas as marcas estão estão dobrando o tamanho de seus brincões e exagerando em cores e efeitos. O BoF decreta ainda que os chamados “statement earrings” são para esta geração o que os sapatos foram na década de Carrie Bradshaw.

Julie Pelipas

E não é por acaso que a imagem que abre esta citada matéria é um clique de Julie Pelipas (este abaixo). A diretora de moda da Vogue Ucrânia, queridinha do street-style e apontada como a próxima voguette-sensação, é adepta fiel dos brincos cheios de personalidade.

Julie Pelipas

Julie é nome para se ficar de olho, aliás! Não é (ainda) tão conhecida-falada no Brasil, mas já acumula mais de 40 mil seguidores no instagram e, entre a turma que circula nas temporadas de moda, é musa-inspiradora de estilo. Internet adentro, há mais fotos do que informações sobre ela, mas sabe-se que nasceu e mora em Kiev, se formou jornalista e, antes da Vogue, teve uma passagem pelo cargo de stylist da Harper’s Bazaar, também ucraniana.

Julie Pelipas

Julie Pelipas

Ah, e vale acrescentar: além de nova aposta fashionista, ela é também mãe da mini-it Penelope, que completa sete anos em setembro e de vez em quando já mostra que herdou a elegância da mamãe!

Julie Pelipas e Penelope

Para quem ficou com vontade de aderir à tendência geração-selfie, aqui vai uma seleção recheadíssima dos brincões mais legais à venda no Brasil. Tem de todos os preços, origens, cores, materiais e propostas. Único pré-requisito?! Ser enorme! Passeie pela galeria abaixo, inspire-se e eleja o seu favorito.

p.s. e por falar em brincão, quem também postou sobre isso nesta semana foi a Gabi Ganem, nossa representante brasileira do maxi-acessório!

imagens: instagram Julie Pelipas; Business of Fashion, Pinterest

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Os Insta-Stories que me inspiram nesta fase vida leve

8 de agosto de 2017

Como reencontrei minha marca pessoal com o autoconhecimento” é o título da minha nova pocket-palestra, tema do workshop Planeje 2018 que desejo montar (torçam pra dar certo, tá tão legal o projeto!) e frase que consegue finalmente encaixar em um mesmo cenário muitas das coisas que fiz nos últimos dez anos – as it girls inspiradoras, o poder do branding pessoal e a leveza de uma vida com propósito estão bem mais ligados entre si do que eu mesma supunha até então. E os vídeos do Insta-Stories, quem diria, foram uma baita fonte de referências neste processo.

Já tinha postado aqui sobre como o {quase finado} Snapchat me ajudara na época em que, meio pra baixo, eu me animava com a energia de Martha Graeff. Um pouco depois, dividi também quais os outros perfis que eu amava acompanhar nesta rede. Mais recentemente, compartilhei pessoas que me inspiram nesta atual fase super voltada para o autoconhecimento. E daí veio a ideia para este post-lista, que mistura algumas já citadas a outras que são sempre minhas arrobas companheiras diárias, na escada da academia ou na cama antes de dormir. Voltadas ou não diretamente a assuntos de vida leve, essas dez mulheres*, cada uma a seu modo, me trazem inspiração na rede!

insta Stories
imagem via instagram @Investisa

Invertisa: sério, é um privilégio poder acompanhar os vídeos da astróloga Isabella Mezzadri a cada mudança de lua. Com uma didática impecável, ela explica tintim por tintim como os astros influenciam nossa energia, nosso humor e até nossa criatividade. E super conectada a temas como propósito e autoconhecimento, é fonte extra de referências também neste sentido.

MelissaWoodHealth: já perdi a conta de quantas vezes tenho citado a health coach de Nova York aqui nos meus posts, mas ela é oficialmente minha primeira parada digital do dia. Amo seu bom-humor 24/7, amo suas dicas variadas, amo seu conceito de vida baseada em 3 Ms – meditation, movement e mindful eating (meditação, exercícios físicos e alimentação consciente).

AnaLuMasi: entre as muitas mães blogueiras, esta é a que mais me inspira! Mãe de três meninas, a Ana tem um jeito leve e pé no chão de levar a vida – e a maternidade. E é com esse seu jeitinho de mostrar a vida como ela é, sem fazer tipo nem usar o batido estereótipo de “to aqui descabelada para mostrar como é ser mãe na verdade” (ostentando pra cima ou pra baixo, como se só os extremos nos representassem), que ela nos mostra como a virtude sempre estará no meio termo. Ahh, como eu amo gente leve!

TecaToscano: foi com ela que aprendi sobre a importância de evoluir simultanemente nos quatro níveis – material, mental, emocional, espiritual. E é com seus vídeos mostrando na prática como isso funciona que me inspiro a seguir me conectando todos os dias com minha real essência. Bônus: sua bebê-buda é um upgrade de fofura a cada take!

Paulinha.RsOliveira: sócia de Teca no Wings, movimento que atua na evolução nos quatro níveis, ela compartilha sobre seus muitos estudos e fontes de referência. Como faz uma pós em medicina integrativa, tem um rico repertório sobre esta abordagem que trata simultanemente corpo, mente e espírito.

insta Stories

AnnaCarolinaBassi: o insta de Carol, à primeira vista, pode parecer não ter a ver com os mais voltados ao autoconhecimento. O foco, afinal, é nas suas criações de moda e em seu lifestyle a la it girls. Mas tudo depende do seu olhar! Autêntica e leve (como amo quem não perde longos tracinhos de Stories reclamando de algo!), ela passa ser o tipo de pessoa que realmente se dedica a alcançar o que deseja sem medir esforços – o que é sempre inspirador. Sem falar que ver as imagens lindas de suas roupas, viagens e cantinhos de decoração sempre alimenta a alma também, sabia?!

DeTavares: já tinha postado aqui sobre o uso inteligente que Denise havia dado ao Snapchat como ferramenta de seu trabalho como consultora de imagem. Pois ela migrou para o Stories e, ainda que com menos frequência do que antes, segue com sua marca-registrada de mostrar os próprios looks compartilhando informações de moda. Sou suspeita porque amo/me identifico muito com suas roupas, mas seu bom gosto é sempre um bônus para cada vídeo.

YogaLifestyleBr: a May já esteve no meu post de Snaps favoritos no ano passado. Mas quando ela começa a “palestrar” sobre ansiedade, ego, meditação, crenças limitantes, ciúme ou qualquer outro tema tão contemporâneo como estes e enche o Stories de tracinhos… ahh, como eu fico feliz! É para parar tudo, assistir e terminar muito, muito inspirada.

JujuNorremose: tente assistir aos Stories da musa-fit e não correr para a academia – seja pelo corpão-inspiração ou, principalmente, pelo tom prazeroso que ela imprime à atividade física! Ela passa uma energia positiva e sempre bem-humorada, divide dicas ótimas para quem quer inserir a malhação na rotina e, de quebra, tem um jeitinho fofo com sotaque mineirinho de quem parece ser muito gente boa.

ConsueloBlocker: outra que já estava na lista de Snaps favoritos, mas, pra mim, ninguém usa TÃO bem a ferramenta de vídeos instantâneos como a Consuelo. Ela nos permite viajar pelo mundo, conhecer sobre arte ou culinária, ouvir sobre assuntos contemporâneos ou ver inspirações de moda de uma maneira como se realmente fizéssemos parte de seu círculo próximo. E o que é linda e elegante?!

insta Stories

Uma coisa é fato: como antecipei ontem no instagram @amobranding, uma marca pessoal é um conjunto quase-infinito de fatores e tem muita, muita influência de nosso propósito, nossos dons & talentos, nosso potencial de autoconhecimento. A gente só consegue comunicar nossa imagem quando tudo isso está em perfeita conjunção, digo por experiência própria. Busque entrar em contato com a sua essência – não há outro modo de alcançar a coerência e a consistência que o branding exige!

* Vou atrás das minhas bússolas inspiradoras para uma entrevista nesta nova tag, o que acham?!

p.s. Martha Graeff, se um dia ler esse post, atenda ao meu pedido: volte a postar mais vídeos, como nos tempos do Snap – o mundo precisa da sua energia sempre positiva, bem-humorada e linda!

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Os livros de cabeceira de Gisele Bündchen

30 de julho de 2017

Pode reparar: as mais inspiradoras pessoas de todas as áreas sempre têm boas dicas de livros para compartilhar – a leitura é, afinal, sempre uma poderosa fonte de evolução. E a super-über-maxi-top-modelo desta geração não é exceção à regra. Dias atrás, mostrou em seu Instagram Stories qual era seu livro de cabeceira da vez. E, em entrevistas, já citou alguns outros que fizeram diferença em sua vida e carreira. Eis um top 3 com o aval de Gisele Bündchen!

livros de cabeceira de Gisele Bundchen

Mais recente indicação de Gisele no Stories, Good People {disponível apenas em inglês} foca na importância das pessoas como o grande ativo das empresas – e em como os valores são ainda mais importantes do que as competências profissionais. “Um currículo fantástico não compensa um caráter medíocre”, resume o autor da publicação.

livros de cabeceira de Gisele Bundchen

Um verdadeiro clássico – que já apareceu algumas vezes aqui no blog! –, Os Quatro Compromissos foi citado pela modelo em entrevistas e é um livro que todo mundo deveria ler {e reler!} na vida. Baseado na sabedoria tolteca, descreve quatro atitudes que garantem uma trajetória mais leve e feliz: “Seja impecável com a sua palavra; Não leve nada para o lado pessoal; Não tire conclusões; Sempre dê o melhor de si”. Mais a cara de Gisele, impossível!
p.s. nem sempre é fácil de encontrar à venda, vira e mexe ele fica esgotado, mas restam algumas últimas unidades com esta capa na Amazon!

Por fim, o título que talvez seja a origem do sucesso da supermodelo. É sabido que, desde o dia zero de sua carreira, ela planejou cada passo e cada escolha profissional. Seu mentor? O pai, Valdir, também profissional de marketing e escritor. Como Construir a Si Mesmo é seu livro mais comentado e, ao que se diz, conta muita do que o autor usou a favor da trajetória da filha famosa. Um único porém: esgotado na editora, é difícil de encontrar até mesmo em sebos.

livros de cabeceira de Gisele Bundchen

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…