ALE GARATTONI

Carioca em SP, leonina, mãe da MH. Este blog é o meu hobby-recreio e aqui você vai ler posts que agradam aos olhos, à mente, à energia. Com beleza, suspiros e leveza! Cuide de sua alma e inspire-se, para ser & fazer melhor.

Lifestyle

E o peeling no rosto ganhou versão “entrega em domicílio”!

22 de agosto de 2017

No mês passado, postei aqui sobre como tenho amado o efeito do peeling como parte do tratamento do rosto – pós-40, devo dizer, estou especialmente obcecada por cuidar da pele e este serviço é uma das minhas gratas surpresas recentes. Numa dessas sincronicidades da vida, logo depois começaram a pipocar aqui e ali lançamentos de produtos que exatamente cumprem a função de um peeling. Em casa!

peeling caseiro
imagem peeling via Shutterstock

Tal e qual as versões do consultório, o objetivo dos produtos caseiros é usar ácidos para fazer essa, digamos, “troca de pele”: ela descasca e, com o surgimento da nova camada, há melhora de textura e redução de manchas e marcas menos profundas. Não sou expert em química, mas deduzo que a concentração de ácidos seja menor no modelo “em domicílio”, até porque ele será usado por não-profissionais. E acredito, assim, que ele não substitui o tratamento em esteticista, mas somar esforços é sempre uma boa pedida, né?

Quem já tem?! No topo da wish-list está o lançamento da Lancôme: o Visionnaire Crescendo (R$ 489) promete pele mais uniforme, redução das linhas finas e brilho saudável em renovação visível após 28 dias consecutivos de uso. Já a fórmula do Peeling Facial Renovador em Gel TimeWise Repair da Mary Kay (R$ 259) pede utilização intervalada de no máximo duas vezes por semana e, também com base de ácido glicólico, faz uma esfoliação intensa.

Uma versão mais acessível é o Peeling Glicólico da Caudalie (R$ 169), que, em forma de máscara de uso semanal, tem foco central no controle da oleosidade – mas promete também clareamento e redução de poros e manchas na paralela. Por fim, a Kiehl’s colocou no mercado o seu Nightly Refining Micro-Peel Concentrate (R$ 338), indicado mesmo para peles sensíveis. A promessa da descrição? Pele nova, radiante e refrescada, graças a um processo de renovação celular noturna.

Importante: estes produtos com função peeling não devem ser usados em conjunto com outros ácidos. Tal e qual quando se aplica as versões de consultório, a pedida é escolher apenas sabonetes para peles sensíveis (tenho usado este pós-peeling ou pós-laser) e muita água termal durante o período de descamação.

SaveSave

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Comprinhas imaginárias da semana!

19 de agosto de 2017

Vou contar uma coisa: o retorno dessa tag me traz prejuízo. Porque eu fico navegando e brincando de comprinhas imaginárias para escolher os itens da semana e… acabo fechando o pedido de verdade! Mas nesse caso foi por um ótimo motivo: estava há semanas esperando o lançamento no Brasil desta “aguinha” da Caudalie. Pela descrição, ela tem a mesma finalidade – e mesmo resultado – da famosa essência da marca japonesa SK-II, sobre a qual escrevi algumas vezes no blog (aqui, aqui e aqui, por exemplo). Ela é possivelmente o produto de beleza que mais amo/amei na vida, mas como é vendida em pouquíssimos lugares (e como o dólar atual deixa seu já não-amigável preço nas alturas), eu andava orfã há uns dois anos. Enfim, antes mesmo de publicar o post, já comprei a minha, espero voltar com ótimas notícias em breve!

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Julie Pelipas, a musa da geração-brincão

19 de agosto de 2017

Deu no Business of Fashion: o maxi-brinco é, definitivamente, a tendência oficial da geração-selfie – em tempos de cliques focando apenas no rosto, o acessório que mais dá destaque ao visual leva mesmo a melhor! Segundo a matéria, de olho neste comportamento de consumo, das mais básicas fast-fashion às mais famosas (e caras) joalherias, todas as marcas estão estão dobrando o tamanho de seus brincões e exagerando em cores e efeitos. O BoF decreta ainda que os chamados “statement earrings” são para esta geração o que os sapatos foram na década de Carrie Bradshaw.

Julie Pelipas

E não é por acaso que a imagem que abre esta citada matéria é um clique de Julie Pelipas (este abaixo). A diretora de moda da Vogue Ucrânia, queridinha do street-style e apontada como a próxima voguette-sensação, é adepta fiel dos brincos cheios de personalidade.

Julie Pelipas

Julie é nome para se ficar de olho, aliás! Não é (ainda) tão conhecida-falada no Brasil, mas já acumula mais de 40 mil seguidores no instagram e, entre a turma que circula nas temporadas de moda, é musa-inspiradora de estilo. Internet adentro, há mais fotos do que informações sobre ela, mas sabe-se que nasceu e mora em Kiev, se formou jornalista e, antes da Vogue, teve uma passagem pelo cargo de stylist da Harper’s Bazaar, também ucraniana.

Julie Pelipas

Julie Pelipas

Ah, e vale acrescentar: além de nova aposta fashionista, ela é também mãe da mini-it Penelope, que completa sete anos em setembro e de vez em quando já mostra que herdou a elegância da mamãe!

Julie Pelipas e Penelope

Para quem ficou com vontade de aderir à tendência geração-selfie, aqui vai uma seleção recheadíssima dos brincões mais legais à venda no Brasil. Tem de todos os preços, origens, cores, materiais e propostas. Único pré-requisito?! Ser enorme! Passeie pela galeria abaixo, inspire-se e eleja o seu favorito.

p.s. e por falar em brincão, quem também postou sobre isso nesta semana foi a Gabi Ganem, nossa representante brasileira do maxi-acessório!

imagens: instagram Julie Pelipas; Business of Fashion, Pinterest

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…