ALE GARATTONI

Carioca em SP, leonina, mãe da MH. Este blog é o meu hobby-recreio e aqui você vai ler posts que agradam aos olhos, à mente, à energia. Com beleza, suspiros e leveza! Cuide de sua alma e inspire-se, para ser & fazer melhor.

Lifestyle

A quantas anda sua inteligência espiritual?

31 de agosto de 2017

Eu estava na faculdade, nos anos 90, quando houve aquele boom a respeito da inteligência emocional – a maneira como você lidava com suas emoções se mostrava tão ou mais importante do que seu intelecto para as relações pessoais e profissionais. Mais de vinte anos depois, os holofotes miram em outra direção: é a hora de prestar atenção ao seu quociente espiritual. Trata-se de deixar um pouco de lado o duelo mente X emoções para prestar atenção na sua alma, na sua essência, ou, como diz a palavra da moda, no seu real propósito!

vida leve inteligência espiritual
imagem Meditação via Shutterstock

O desenvolvimento da inteligência espiritual foi o tema de um ótimo workshop do qual participei no último fim de semana no Espaço Natividade. A apresentação foi conduzida por Antonio Droghetti, empresário que há mais de 30 anos busca ferramentas que levam a esta expansão de consciência, a essa conexão com a sua verdade. Que, sim, tem uma forte base na meditação.

inteligência espiritual

Fiquei especialmente impressionada com os dados mostrados logo no início da manhã: segundo a OMS, o número de casos de depressão aumentou quase 20% nos últimos dez anos; 5.8% dos brasileiros se enquadram nesta estatística, maior incidência da América Latina e segunda maior das Américas, 0.1% atrás dos EUA; em São Paulo (dado mais chocante), 29.6% sofrem de alguma perturbação mental, configurando o maior percentual do mundo. Passou da hora de falarmos mais sobre os efeitos desta vida acelerada que vem dilacerando mentes em diferentes proporções, né?

Em linhas gerais e de forma bem resumida, a inteligência espiritual permite que a pessoa se escute, entenda o que move sua alma e perceba qual o seu dom – o que, então, a aproxima de seu real propósito. Buscar o autoconhecimento e silenciar o ego são pontos de partida. E, não, não se trata de nada religioso ou místico, já que hoje a própria ciência reconhece a importância desta mudança de hábitos e padrões (nota-bônus: entre os participantes, uma pessoa compartilhou que teve a meditação como parte da prescrição de um neurologista conceituado).

espaço Natividade

Comprovadamente, as pessoas alinhadas com suas almas têm mais equilíbrio, mais preenchimento, mais plenitude. Tomam melhores decisões, têm reações mais controladas e vivem com mais abundância – especialmente porque entende-se que cada um é único e tem um propósito e um papel distintos; não há competição, apenas compartilhamento e colaboração. Silenciar a mente, por meio sobretudo da meditação, é o caminho para acessar esta inteligência mais profunda.

Me interessei pelo workshop a princípio pelas “aulas de meditação” da programação, mas ganhei muito mais ao longo deste dia. Para pessoas mais práticas e com o raciocínio lógico muito atiçado, é sempre recompensador ouvir dados científicos e comprovações teóricas de causa e efeito, afinal. Destaque todo especial para o trabalho de Droghetti – é verdade que todos estes temas, meditação principalmente, estão super em alta e tendem a atrair muito público e muitos candidatos a professor, então ter no comando alguém com mais de três décadas de experiência dá muita credibilidade e confiança ao todo.

espaço Natividade

Se você também está neste processo rumo a uma vida mais leve, recomendo muito que invista no combo teoria (estudos) e prática simultaneamente. Mas se permita também participar de encontros como este: estar no meio da energia de várias pessoas com a mesma vibração potencializa resultados!

p.s. o Espaço Natividade, onde aconteceu o evento e de onde vêm as fotos que ilustram este post, também merece muito a visita! Além de workshops como estes e das aulas de Yoga da grade fixa de programação, foi inaugurado um restaurante natural e uma feirinha orgânica aos fins de semana.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Emily Weiss na capa da Entrepreneur: dez lições de vida

25 de agosto de 2017

Como não falar da matéria de capa desta edição da revista de negócios Entrepreneur?! Como evitar por aqui {mais} um post estrelado por Emily Weiss, a blogueira-empresária que transformou seu blog de beleza em uma startup milionária? Como não transformar o texto em uma lista de lições úteis para qualquer pessoa? Impossível, realmente impossível! Emily é e rende assunto para um blog inteirinho sobre ela, afinal. E é exatamente por ela, como diz a matéria em questão, “inspirar sem intimidar” que sua trajetória pode servir de exemplo…

Emily Weiss Entrepreneur

A revista deste mês faz um passeio pela vida e carreira de Emily, desde antes do Into The Gloss, blog de beleza que entrou no ar em setembro de 2010 e um ano depois já atingia a impressionante marca de 10 milhões de pageviews mensais. Narra passo a passo até a próxima mudança de escritório: a sede da Glossier, sua startup de produtos de maquiagem e tratamento de pele, passará a ocupar um espaço de 2.500 metros quadrados no imponente prédio One SoHo Square – no qual será vizinha da M.A.C.

Os números, aliás, impressionam: embora a empresa não tenha dividido valores exatos com a publicação, a matéria conta que o faturamento cresce 600% ao ano (sim, não errei nos zeros) e que a captação de investimentos já chega a US$ 35 milhões. É compreensível. Segundo a Entrepreneur, a taxa de conversão da única loja física, na cobertura do atual escritório, chega a 65% (sim, mais da metade de quem visita sai com ao menos uma sacolinha) e o metro quadrado vende mais do que o da Apple Store.

Eis dez lições de vida que foram tiradas das linhas da matéria de capa…

Emily Weiss Entrepreneur

NÃO DISPENSE UMA DOSE DE CARA DE PAU
No bom sentido e com educação sempre, claro. Mas ter senso de oportunidade – e usá-lo corretamente – faz diferença. Emily conseguiu seu primeiro estágio, na marca americana Ralph Lauren, quando trabalhava como baby-sitter dos filhos de uma funcionária da empresa. Como? Ela disse “amo seus filhos, mas seria muito ousado te dizer que eu adoraria trabalhar com você?”.

ACUMULE CONHECIMENTO VARIADO
Essa é para a turma das antigas, que assistiu a sua participação como a super-estagiária do seriado The Hills. Em determinada cena, ela se destaca entre as funcionárias da revista Teen Vogue ao organizar um evento com maestria, sabendo inclusive o que era chinoiserie – a palavra rendeu assunto na época da série! Repertório nunca é demais e sempre garante vantagem competitiva.

PRODUZA O QUE GOSTARIA DE CONSUMIR
Não importa se você tem um blog, uma empresa de produtos ou um negócio de serviços: ofereça o que valoriza – são grandes as chances de que mais pessoas também tenham a sua mesma demanda. Foi com essa filosofia que Emily formatou seu blog IntoTheGloss e, depois, a Glossier.

QUALIDADE SEMPRE SERÁ BOA PEDIDA
Desde o início, o Into The Gloss se destacou na já estabelecida blogosfera da época graças a sua combinação de texto cuidadoso, estética impecável e fotos profissionais.

NÃO EXISTE SUCESSO SEM {MUITA} RALAÇÃO
Quando começou o blog, Emily ainda trabalhava como assistente de styling na Vogue – emprego no qual permaneceu até o primeiro aniversário do IntoTheGloss. Para dar conta do conteúdo, trabalhava no seu projeto das quatro às oito da manhã diariamente, antes de ir para a revista. Dedicação, esforço, querer muito (sem preguiça): essa é a receita para qualquer objetivo.

Emily Weiss Entrepreneur

TENHA – E SAIBA APROVEITAR – SUA REDE DE CONTATOS
Relacionamentos, você sabe, são um valor cada vez mais significativo no mundo contemporâneo. Pois Emily aproveitou seu acesso a grandes nomes da moda e beleza, por conta de seu emprego oficial, para fazer as melhores entrevistas e mais importantes reuniões.

A TAL DA GARRA MOVE MONTANHAS
Quando começou a buscar possíveis investidores para a Glossier, Emily ainda nem tinha produtos ou business plan – apenas uma ideia muito clara de posicionamento. Pois foi sua garra que chamou a atenção da primeira a colocar dinheiro no negócio: a investidora conta que se convenceu da oportunidade ao perceber o que Emily era capaz de fazer mesmo sem recursos.

É PRECISO RECONHECER FRAQUEZAS
Ninguém é bom em tudo e cada um tem seus pontos fortes! Já na largada da Glossier, Emily trouxe para a sociedade um profissional experiente que sabia transformar as infinitas ideias de sua mente 100% criativa em ações e produtos tangíveis. Saber quem e o que te complementa é o pulo do gato.

ENTENDA COM QUEM VOCÊ FALA
Cada tipo de negócio, cada objetivo de ação, cada demanda de público tem uma prioridade. Saber o que é o maior valor para a sua plateia é meio caminho andado. Emily sabe que fala com a “geração instagram” – e não é casual seu foco na embalagem, no cuidado estético, na fotogenia dos produtos. Seu mais poderoso canal de divulgação é o conteúdo compartilhado espontaneamente nas redes sociais, algo que certamente se fortalece pela beleza dos itens.

A PROXIMIDADE GERA LEALDADE DE CONSUMO
Lembra do conceito de “inspirar sem intimidar”? A interação que Emily mantém até hoje é parte disso. Ela acompanha – e curte! – pessoalmente posts com a hashtag #glossier. Seu time também está sempre atento e interativo. Os clientes são RPs e consultores extra-oficiais da marca – um dos recentes lançamentos, o protetor solar, foi desenvolvido de acordo com comentários de consumidores.

instagram Emily Weiss

Para ler a matéria na íntegra (vale muito a pena!), este é o link do texto no site da Entrepreneur.

 

imagens: Nigel Parry para Entrepreneur e instagram Emily Weiss

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Que tal um curso sobre… felicidade?!

17 de agosto de 2017

Já tem um tempinho que ouço sobre o trabalho da jornalista Lucia Barros, que por anos e anos trabalhou em revistas femininas e hoje, especialista em mindfulness, está à frente da Bindu Escola de Valores. É dela a coautoria do ótimo Filosofia do Bem Viver, livro baseado nos princípios do Ayurveda que li recentemente e adorei. E são comandadas por ela diversas palestras sobre… felicidade!

felicidade lucia barros
imagem meditação via Shutterstock

Em pauta em seus programas, teoria e prática que falam sobre controle de stress, aumento de positividade e superação de desafios. A vida leve, que você tem lido aqui nos posts desta nova tag, é, claro, o foco principal do trabalho de Lucia – que tem base em bem estar, meditação, ayurverda e yoga. A fórmula da felicidade, dizem estudos das melhores universidades do mundo, é 50% genética, 40% hábitos diários e apenas 10% circunstâncias da vida (ou seja, ser feliz tem muito pouco a ver com seu peso, seu emprego ou sua conta bancária). E é sobre isso que vai se falar no programa Tempo de Ser Feliz: Felicidade é Ciência, que Lucia Barros comanda a partir do fim de agosto no Pausa para Prosa.

São quatro encontros que acontecem na hora do almoço em espaço na alameda Gabriel Monteiro da Silva (SP). Para mais detalhes e inscrições, envie um e-mail para pausaparaprosa@pausaparaprosa.com. Eu, que sou fã tanto de Lucia quanto do projeto Pausa para Prosa, adorei esse dueto e estarei lá! Vamos juntas?!

felicidade lucia barros


BÔNUS: LIVROS ÓTIMOS LIGADOS A VIDA LEVE QUE LI, ESTOU LENDO E LEREI!

lista de livros vida leve Ansiedade Propósito | Amar e Ser Livre | A Lei da Compensação Divina
10% Mais Feliz | O Livro do Ego | A Coragem de Ser Imperfeito | O Poder do Silêncio

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…