ALE GARATTONI

Carioca em SP, leonina, mãe da MH. Este blog é o meu hobby-recreio e aqui você vai ler posts que agradam aos olhos, à mente, à energia. Com beleza, suspiros e leveza! Cuide de sua alma e inspire-se, para ser & fazer melhor.

Lifestyle

Up & down: o que altera nosso humor

27 de março de 2012

Pequenos gestos, pequenos acontecimentos, mudanças quase imperceptíveis: a gente sabe o que tem aquele poder absoluto de mudar nosso humor e, às vezes, até nossa energia. Ideia simples, mas muito verdadeira, que nem sempre (ou seria quase nunca?!) precisa envolver dígitos, gastos ou investimentos. Altere seu humor hoje ou, melhor ainda, trate de alterar – para o up, claro – o humor de outra pessoa. Sim, há casos em que VOCÊ pode gerar aquela energia positiva pro outro lado, então, por que não?!

Up & down

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Três coisas que levantam o astral

15 de março de 2012

Ontem recebi o catálogo de uma marca brasileira de lingerie recém-chegada a São Paulo e, confesso, quase não abri – admito que tenho um pouco de preguiça do sem fim de catálogos que recebemos (em pensar que quando eu era mais nova, na era antes do boom das imagens digitais e da Internet, eu chegava a colecionar todos que recebia). Mas, enfim, abri. E fiquei encantada e cheia de planos de aumentar meu acervo. Daí me dei conta de que, sim, comprar lingerie nova – e usar peças lindas – é algo que melhora nosso astral, ainda que só a gente saiba o que está por baixo do look (isso já foi falado aqui nesse post sobre O Diabo Veste Prada da 1ª fase do It, quem não lembra das voguettes se arrumando na cena inicial do filme?!).

Da série oposta ao “comprar novos itens”, entra outra ação que só melhora a energia: fazer uma BOA baixa no armário e doar o que você não usa. Uma peça que anda esquecida no fundo do closet pode deixar outra(s) pessoa(s) muito feliz(es), sabia?! E essa energia, sem papo clichê, volta em dobro pra você – pra quem não está no Facebook, publiquei por lá essa listinha de motivos alto-astral baseada na minha própria recente arrumação.

Baixa no closet

Finalmente, uma coisa que parece óbvia, mas não é: falar apenas (ou o mais próximo de apenas) de coisas positivas. Me dei conta disso em um grupo do qual participo no Facebook. Com a recente onda de assaltos em São Paulo, diariamente eram postados por lá casos e mais casos, relatos e mais relatos. Assim, a gente ia ficando down sem saber, ia ficando mais medrosa do que já estava. E a energia, sem que ninguém se desse conta, ia pesando. Até que a administradora do tal grupo pediu para que essas postagens não fossem mais deixadas lá e me dei conta de que foi, pra mim, um alívio. Existem momentos/locais/situações em que a gente só quer e só precisa de recreio. Claro que a vida não é cor de rosa e, vez por outra, falar de coisas menos legais é necessário. Mas mudar a postura e tentar ver só o que acontece de bom – não se trata de se alienar ao mundo, a ideia aqui é apenas colocar na sua rotina um pouco mais de boas energias – acaba, sei lá como, fazendo com que mais coisas boas surjam e menos coisas ruins te atrapalhem. Mude a sua energia para mudar o que está a sua volta.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…