ALE GARATTONI

Carioca em SP, leonina, mãe da MH. Este blog é o meu hobby-recreio e aqui você vai ler posts que agradam aos olhos, à mente, à energia. Com beleza, suspiros e leveza! Cuide de sua alma e inspire-se, para ser & fazer melhor.

Lifestyle

Por que eu não recomendo o Invisalign

19 de agosto de 2014

Posts com conotação negativa não costumam aparecer por aqui. Me arrisco a dizer que, em toda minha história na internet, conto nos dedos de uma mão – e com sobra de dedos – a quantidade de vezes em que escrevi uma não-recomendação de um produto ou serviço. Não porque sou boazinha, imparcial ou sem opinião: a questão sempre foi que prefiro falar do que gosto e omitir a existência do que não aprovo. No entanto, há exceções que às vezes preciso publicar. E é o caso do Invisalign, que eu havia citado positivamente há exatamente um ano. É esta citação que me obriga a voltar no assunto, pois não acho certo dar meu aval para algo que, no fim das contas, não entregou o resultado previsto e prometido. Me precipitei em avaliar antes do término do tratamento e aprendi a lição. Mas, até por ser algo que requer um investimento considerável, acredito que seja importante dizer o que nem todo mundo diz: não dá certo pra todos.

sorriso

Houve melhorias consideráveis no meu sorriso? Sim, muitas, sem dúvida. O que era um quase-complexo pessoal pra mim hoje já não me causa incômodo estético. Me entregaram o resultado previsto no programinha que supostamente acompanha os movimentos reais feitos pelo aparelho? Não, não e não. O tratamento em si, que terminou há um ano, deixou desalinhamentos não previstos no programa. Até aí, me fora passado que é algo normal e que é exatamente pra isso que existe a chamada “fase de refinamento”. Pois bem, na reta final da fase de refinamento, mais uma vez, a previsão do programa de computador está incompatível com o resultado real. E se uma incompatibilidade de resultados pode ser esperada, duas já se mostram um problema. Quem me garante que em uma terceira tentativa de correção o sorriso vai acompanhar o que a Invisalign prevê em computador? Perdi a confiança…

Eu acho muito importante mostrar esse lado B. Sei que pra muitas pessoas dá certo, mas existem outras que, como eu, têm essa resposta. E avaliar tudo isso antes de se decidir por este aparelho, que é um inve$timento, é importante – hoje eu estou em um momento da minha carreira em que usar um aparelho fixo seria muito mais desagradável do que há três anos (enquanto eu estava curtindo minha gravidez e sendo mãe em tempo integral, ele, o aparelho fixo, teria sido, sim, uma alternativa super possível – e que teria me custado um décimo do que gastei provavelmente!).

Ainda não sei que fim vai levar meu tratamento. Admito que estou tão esgotada deste corredor eterno que não acaba nunca que já me questiono se vou (tentar) terminar, tentar solucionar. Primeiro porque não confio mais 100% no que é apresentado pelo computador. Segundo porque já gastei mais tempo, dinheiro e energia do que gostaria. Terceiro porque a reversão de expectativa já é maior do que o desejo de ter o resultado ideal proposto. Eu gostaria de ter lido um lado B às maravilhas da tecnologia do Invisalign antes. Para uma amiga, deu super certo. Mas nem tudo que dá certo pra x pessoas vai funcionar para todo mundo. E hoje, com três anos de consultório de ortodontista no currículo, eu sei que, por melhor e mais avançada que esteja a tecnologia, ela ainda não supera completamente o que é apenas controlado pelo ser humano (caso de um aparelho dentário convencional).

p.s. achei prudente acrescentar duas informações: escolhi um dentista premiadíssimo pela própria Invisalign do Brasil (pois sei que hoje já há genéricos, o que nem de longe foi meu caso) e sempre fui ULTRA disciplinada com o tratamento. Estes dois pontos colaboram para minha teoria de que o Invisalign não tem a precisão que anuncia ter em suas mídias e materiais de divulgação.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

  1. Nathalia Em 19/08/2014

    Admiro muito sua postura e forma de conduzir suas publicações.
    Foi ótimo pra mim que estou analisando uma indicação da dentista para colocar aparelho novamente. Ele seria uma opção, mas conhecendo o lado B talvez eu prefiro o tradicional mesmo.




  2. Celina Em 19/08/2014

    Ale, eu paguei uma nota, desisti no meio e fui para o aparelho fixo. Depois de quase 2 anos tirei e coloquei uma contenção interna que não deixa voltar. Maior $ jogado no lixo. Teria gasto em colocar aquele aparelho fixo mas na parte interna… bjos




  3. Thais Farage Em 19/08/2014

    finalmente alguém que contou o lado b desse invisalign. porque é isso, todo mundo fala que é maravilhoso e deve ser muito frustrante investir uma grana enorme e não ter o resultado desejado (E prometido!). vou realmente cogitar o aparelho tradicional.

    beijinhos!




  4. Nataliab Em 19/08/2014

    Alê,
    Já usei aparelho fixo 2x, agora estou na terceira (pois tinha um problema que fazia o dente girar, mas foi resolvido agora).
    Nessa última vez que fui colocar, pensei nesse invisalign, mas minha dentista indicou o fixo normal, porém, de safira, muito mais fácil, prático, barato e garantido que o invisalign. Fica discreto e o resultado é certeiro.
    muito importante vc expor o lado B!
    beijos




  5. Lia Em 19/08/2014

    Oi Alê, há cerca de um ano li aqui e mostrei para o meu marido, que é dentista e que comentou todos os “contras” que você coloca nesse post recente. Desaconselhou muitos pacientes, inclusive eu mesma. Mas acredita que quase considerei mais sua opinião que a dele, por se tratar de alguém que ia usar? Acabei não apostando no invisa e achei muito legal você trazer o “outro lado”. Bjos




  6. Amanda Em 19/08/2014

    Ale, eu também vivia postergando o uso do aparelho e me arrependi bastante porque usá-lo foi a melhor decisão que tomei. É chatinho, sim, coisa de adolescente, meio ridículo, mas passa tão rápido – não parece, mas passa!
    Hoje estou muito feliz não com o sorriso perfeito, mas com o sorriso que eu queria ter! E, fazendo as contas, me espantei em lembrar que lá se vão 6 anos desde que tirei o aparelho.
    Coragem!rs




  7. Elouisa P Pimenta Em 19/08/2014

    Achei muito prudente o seu post e muito importante pois como vc mesmo disse divulgou-se muito no início mas ninguém fica sabendo do final. Como ortodontista sou adepta as novidades mas com ressalvas.




  8. Pedro Em 19/08/2014

    Olá, é verdade, o Invisalign não corrige todos os defeitos, mesmo que seja possível “conserta-los” no programa do computador. Cabe ao profissional te informar sobre isso. No meu caso minha dentista fez uma avaliação da minha arcada, inclusive da articulação temporo mandibular, e me disse o que dava pra resolver com o Invisalign e o que não dava. E no final do tratamento apesar dela ter tentado consertar tudo, o resultado foi o que ela me informou e estou super satisfeito da mesma maneira. Acho talvez mais valido essa critica focar na questão do profissional que te indica o produto, do que o produto em si.

    Oi Pedro,
    lendo os comentários aqui e no FB eu vejo que não sou a única insatisfeita – aliás me surpreendi com quantos casos como o meu. Não tiro a possível parcela de culpa do profissional, mas a partir do momento em que a postura e divulgação da Invisalign no Brasil são inteiramente focadas na precisão e em nenhum momento tratam o clincheck como “meramente ilustrativo” (basta um passeio rapido pelo Facebook e pelo Instagram Invisalign Brasil pra ver isso), eu enxergo SIM como um problema da empresa e do conceito que ela vende. Especialmente porque não é qualquer dentista que pode trabalhar com eles, existem certificações. São responsáveis, sim! Ao menos na minha modesta opinião!




  9. Pá. Em 19/08/2014

    Alê, muito legal a sua postura, como sempre!
    Sobre o tema, meu marido usou e depois teve que colocar o fixo por quase um ano para “últimos retoques” o que me deixou bem encucada pois, se era para usar o fixo, pq pagar uma fábula no invis?
    Enfim, funcionou para muita gente mas realmente não é para todo mundo!
    Beijos, Pá.
    @papalombo




  10. Maria Isabel A. Em 19/08/2014

    Alê, concordo totalmente. Tenho 43 anos e estou usando o aparelho fixo há um ano. Queria usar o Invisalign, mas minha ortodontista desaconselhou, exatamente pelos resultados não tão precisos assim. Embora a princípio eu estivesse desconfiada da recomendação dela, acabei acatando – inclusive porque o menor valor pesou também – e estou satisfeita com o fixo. É incômodo sim e fico constrangida às vezes, parece algo meio infantil, mas a perspectiva de um bom resultado me faz insistir e ver que é a melhor decisão mesmo. Parabéns pelo post, muito esclarecedor para quem pretende colocar “aparelho”. bj




  11. Jessica Em 19/08/2014

    Ótimo post, Ale. Usei aparelho fixo por 5 longos anos (mesmo sendo disciplinada no tratamento), mas nunca achei um dentista realmente bom, em cada puxão que eles davam nos meus dentes, acabavam deixando os desalinhados, quando terminei o tratamento, o dentista não quis colocar a contenção. 3 anos depois, meus dentes estão até mais falhados do que antes. Já pensei em usar o Invisalign mas fiquei um pouco receosa e no momento estou procurando um dentista realmente profissional, principalmente porque não quero mais usar o aparelho fixo e sim um bem discreto e eficaz.




  12. Renata Noronha Em 19/08/2014

    De um aparelho q se põe e tira e q é invisível imagina-se q os resultados ficariam muito aquém de um fixo. O Invisalign deve ser algo para se usar para corrigir pequenos defeitos de uma pessoa q já usou o fixo convencional anos antes. Sempre achei que tinha cara de bom demais pra ser verdade e quando resolvi usar o fixo de novo depois dos trinta (usei antes na adolescência) minha excelente dentista ñ recomendou o Invisalign nem eu toparia!
    Acho q o profissional q te sugeriu isso tem 100% da culpa. Renomado como diz ser, ele tem q saber q ñ daria certo. Ortodontia é geometria pura.




  13. Leila moura Em 19/08/2014

    Oi ale, tudo bem? Sigo seu blog e adoro seu trabalho, mas desta vez quero te parabenizar por ter postado sobre algo que você não gostou.

    Também tenho blog, então ao mesmo tempo que penso como blogueira, penso como leitora. Poxa, confiamos em blogs e em cada escritor, não é a toa que este mercado tem crescido, nós leitores preferimos confiar em blogs do que em revistas, comerciais de TV ou na mídia. Mas olhe para os comentários anteriores, sua crítica ajudou pessoas que estavam pesquisando qual aparelho usar, a não cometerem o mesmo erro que você, então, não tenha medo de fazer críticas, nunca! Porque, quantas vezes você pesquisou algo na internet antes de comprar? Se você encontrou resenhas positivas, com certeza elas te influenciaram na comprar, mas e quando você pesquisa algo, não encontra nenhuma resenha negativa, decide arriscar e se arrepende? Concordo que quando uma marca envia um produto pra você, e você não gosta, é mais educado não publicar uma resenha difamando a marca/produto, mas as vezes a crítica é necessária para ajudar alguma pessoas.

    Não sei se consegui me expressar como gostaria, estou realmente feliz por encontrar um post como este na blogosfera, parabéns! Sucesso pra você!




  14. Priscila Em 19/08/2014

    Quando eu li seu post sobre o Invisalign, e a coragem em mudar algo após uma determinada idade e é um dos textos que mais gosto de ler, também uso aparelho fixo e mostrei pra minha dentista que com toda a delicadeza que ela tem pra tratar de assuntos que ela não domina, me disse que não conhecia, mas que achava estranho o método que eles trabalham e um pouco exagerada a promessa do que vão entregar, pois nunca dá pra ser tão preciso e eles (Invisalign) vendem a ideia de que os dentes ficarão como estão no computador. Vou mostrar seu post pra ela na minha próxima consulta.

    Bjs




  15. Celina Alves Em 20/08/2014

    Oiiii Ale, ainda bem que na época do boom desse Invisalign eu não tinha o dinheiro para pagar, pois estava com outras prioridades de estudo e a urgência de querer consertar os dentes me fez colocar o fixo, que ainda estou usando, com 48 anos, e feliz da vida com os resultados já apresentados e não tenho nenhuma vergonha ou constrangimento de usar o fixo tradicional, o que troca as borrachinhas, e ainda mudo de cor todo mês para brincar, embora sempre opto pelas cores discretas, rosa bebê,lilás, azul céu etc
    Muito legal vc dar esse alerta aqui no seu blog.
    BjoBjo querida e com saudade, faz muito tempo que não nos esbarramos. Deus a abençoe.
    Celina Alves
    Luxos e Luxos




  16. Adriele Em 20/08/2014

    Nossa que situação chata. Confesso que cogitei usar, mas no momento era inviável ($), mas não tinha lido casos como o seu.

    Sorte como o tratamento e obrigada pelo post informativo




  17. Marcia Lo Fiego Em 20/08/2014

    Oi Ale, acho muito importante essa ética, te admiro também por isso. As vezes quando vejo algum famoso fazendo publicidade de algum produto, me pergunto se ele o testou ou se gosta daquele produto, ou simplesmente o faz pelo dinheiro….eu nao colocaria o meu rosto em algo que nao usaria ou que nao aprovo. Infelizmente a ética e os principios se perderam ao longo do tempo!
    Um beijao.




  18. Mandy Em 21/08/2014

    Achei interessante sua colocação Ale. Há dois meses precisei fazer minha escolha e com muita dor optei pelo tratamento ortodontico convencional (quase!). Mas após coloca-lo tenho achado horrivel falar estranhamente e fechar a boca com aquele “volume” todo la dentro. Pode parecer besteira, mas faz muita diferença e a auto estima fica a abalada. Mas com apenas 2 meses de tratamento usando o aparelho autoligavel (não é aquele de borrachinhas) eu ja consegui o alinhamento total dos dentes, parece um milagre, ja tinha lido mas achei que era bobagem, hoje mostro as minhas fotos e ninguem acredita!!! Ele é mais rapido que os outros pq se ativa com o calor do corpo… Ainda ha um longo caminho pq a ortodontista quer abrir a minha arcada dentaria (sabe sorriso largo de artista? Adoro essa definicao!rs) mas o “apinhamento” dos dentes por conta de falta de espaço com o nascimento dos cisos ja não é mais um problema que me assombra! Estou ate sorrindo mais, antes ja estava evitando o quanto fosse possivel por vergonha! No final das contas, hj mesmo com aparelho e apenas 2 MESES apos o inicio do tratamento ja posso rir lindamente! E o “cromadinho problema” me deixou com carinha de 18!!! hahahaha




  19. Joana Luiz Em 22/08/2014

    Ale, vou tirar o meu aparelho convencional estético agora em Setembro, após um ano apenas de uso – nunca pensei que fosse tão rápido, aliás a estimativa era no mínimo 1 ano e meio, tinha muitas correções a fazer. Cheguei a pensar nesta versão invísivel, mas o preço era proibitivo. Com o aparelho normal (embora seja branquinho/transparente), fiquei MUITO satisfeita: não me afetou ao nível de imagem e à-vontade com o sorriso, com o trabalho, sinceridade e objectividade da minha ortodentista e com a rapidez do processo. Tal como vc, eu sou super disciplinada e esse, segundo ela, foi o segredo.




  20. Marina Em 27/08/2014

    Oiii Ale!
    Eu tambem estava com problemas ortodonticoa, e no começo do ano coloquei aparelho na parte de tras dos dentes. É mais rapido que o comum, e nao aparece nadinha! No começo dá um pouco de desconforto na língua mas logo acostuma, pois a lingua retrai sozinha. Eu to amando, e super recomendo pra todo mundo que vem me perguntar!!!
    Beijos




  21. Dani Em 30/08/2014

    Aconteceu o mesmo com a minha amiga gastou um monte , ficou desalinhado e está indo para o terceiro tratamento mas ela disse q não sabe se quer fazer …




  22. Juliana Em 01/09/2014

    Alê,
    que ótimo ler este post! Entrei no seu site justamente para pegar a indicação de seu ortodontista considerando colocar o invisalign…
    Já usei aparelho fixo por 4 anos na época do colégio; já adulta encarei mais 2 anos de fixo antes do casamento pois minha arcada alterou após remoção dos sisos. Minha ortodontista errou a previsão e tive que tirar o aparelho para o casamento sem concluir o tratamento. Agora, 3 anos depois dessas “férias”, ela me recomendou o invisalign. Foi assim que resolvi fazer esta pesquisa por aqui e, muito obrigada, acabei de tomar minha decisão: não farei mais este investimento ortodôntico. Também estou bastante desanimada com o tempo e dinheiro gastos, mas infelizmente, meus dentes ficaram de um jeito que não terei outra alternativa a não ser colocar o fixo DE NOVO! Socorro, acho que até cirurgia topava pra resolver de uma vez!
    Não quero mais voltar na minha, vc recomenda sua profissional? Pode divulgar o contato? Bjs!!

    Oi Juliana,
    por mais que minha crítica maior seja para o produto Invisalign, pelo conjunto da obra eu não recomendo meu orto. Não indico algo com que eu não esteja exatamente satisfeita! Mas obrigada pela confiança!
    bjoo




  23. Laura Em 06/09/2014

    Ale, se você não se importar, poderia dizer qual era o problema que você queria consertar? Usei o aparelho tradicional por muitos anos (uns 5 ou 6) quando mais nova mas depois de um tempo acabaram abrindo uns espaçinhos entre alguns dentes. Tenho vontade de tentar corrigir com o invisalign, mas o seu post me desanimou um pouco. Afinal, é um tratamento realmente caro para não se ter os resultados esperados. Por outro lado, não consigo cogitar a ideia de usar o fixo novamente!
    Bjs

    Oi Laura,
    não vou saber te dizer os termos técnicos, mas eu tinha desalinhamentos. Também usei fixo na adolescência e, por não ter usado a contenção na época, meus dentes desalinharam completamente. Muitas questões foram resolvidas e/ou melhoradas com o Invisalign, mas há, ainda, problemas significativos!
    Desde que publiquei esse post, ouvi várias pessoas – leitores ou conhecidos – elogiando o aparelho fixo que se coloca atrás dos dentes. Acho que se fosse hoje, eu consideraria este.
    bjo




  24. Livia Em 09/09/2014

    Oi Ale, eu vi que uma outra leitora também já comentou aqui sobre o aparelho lingual, e não posso deixar de te dar essa dica.

    Eu demorei anos pra colocar aparelho porque eu achava muito feio, até que eu descobri na internet que havia o aparelho lingual, igual o convencional mas colado atrás dos dentes.

    O custo é semelhante ao Invisalign, e só alguns dentistas são especializados (pesquise na internet). Meu dentista disse que meu caso os dentes precisavam movimentar muito e o Invisalign não resolveria.

    Meu tratamento levou 1 ano e meio, ninguém sabia que eu usava aparelhos mas no final, me perguntaram porque eu estava tão diferente! É radical a transformação, e apesar de ser chatinho no começo, não é nada doloroso comparado ao tratamento convencional.

    Só digo que vale muito muito à pena, mudou a minha vida, e recomendo muito!!!




  25. priscila Em 11/11/2014

    Oi Ale.
    Concordo contigo.
    Usei Invisalign e estou tendo problemas com os dentes.
    Você está certíssima em tudo o que escreveu.
    No meu caso, a finalização deixou espaços, mesmo com o uso do refinamento.
    Contudo, o pior não são os espaços. Eu fiquei com uma mordida que não encaixa de forma confortável. Sinto dores nas mandíbulas e a pressão que alguns dentes fazem com os outros provoca muito desconforto.
    Minha dentista também disse que tudo é normal, mas não é… Nunca senti tanta dor na mordida. Já fizemos dois desgastes nos dentes para provocar um alinhamento melhor, mas a cada desgaste que é feito, a mordida piora. Recomendaria Invisalign com ressalvas, como uma opção rápida e confortável que completaria 90% do tratamento, ficando possível 10% para ajustes com um fixo…
    Ainda estou pensando em como fazer para resolver meu problema.

    []´s




  26. Alberto Em 26/11/2014

    Boa noite. Sinto no dever de informar como ortodontista e invisalign doctor que tudo em odontologia é focada no meio e não no resultado. Propaganda falsa existe em tudo quanto é lugar (vide pasta de dente que “clareia dentes como se fosse mágica”)… infrações éticas à parte… sobre Invisalign, existem, como em qualquer outro tipo de aparelho, os casos de fracasso (minoria) e os de sucesso mas, a grande vantagem do ClinCheck não é passar a falsa ideia de que, ao final o paciente vai ficar daquela forma, mas, sim, que durante o tratamento é possível notar o início das mudanças desfavoráveis e, óbvio, tomar atitudes no sentido de corrigir o problema antes do refinamento (nos cursos de biomecânica de Invisalign, é possível usar alicates, fazer outras ativações, etc..). Tudo isso, mostrando pro paciente previamente ao aceite do tratamento.
    Outro ponto importante é que não é aparelho que conserta dentes mas, sim, as corretas ativações do cirurgião-dentista utilizando a técnica de forma correta, produtos de boa qualidade e paciente disciplinado. Sei que posso estar sendo apenas uma opinião com base no código de ética odontológico e na experiência de 15 anos, mas, acredite, separando falsas expectativas e propaganda enganosa de biomecânica, diagnóstico e instruções individualizadas ao paciente é possível utilizar a técnica dos alinhadores invisíveis com excelência.
    Atenciosamente, Dr. Alberto dos Reis Condé Jr, CROGO6411, Cirurgião-Dentista Esp. Ortodontia




  27. Rowan Vilar Em 08/12/2014

    Boa noite!

    Sou mestre em Ortodontia e Invisalign Doctor no RJ. Como profissional da área compreendo sua insatisfação. Realmente é muito frustrante não alcançar os resultados que tanto planejamos e sonhamos, afinal o investimento emocional e financeiro não é pequeno.
    O sistema Invisalign é um ótimo sistema, porém possui limitações, assim como a Ortodontia fixa convencional, lingual, etc. Além disso, mesmo sendo um sistema de alta tecnologia e alta precisão, ele age sobre sistemas biológicos e não matemáticos. “Vender” o Clincheck (simulação de tratamento) como algo 100% atingível é um pouco utópico. Prezo muito pelo bom relacionamento com meus pacientes, por isso sou muito transparente ao mostrar-lhes os prós e contras de cada opção terapêutica.
    Tenho certeza que um paciente bem esclarecido sobre as limitações da Ortodontia terminará seu tratamento mais que satisfeito e terá seu Ortodontista como um grande amigo. Esse deve ser nosso maior objetivo! Grande abraço e sucesso para todos que desejam sorrir mais!
    Dr. Rowan Vilar CRO-RJ 36.828 dr_rowan@yahoo.com.br




  28. Ricardo Em 07/01/2015

    Olá,

    Concordo com o Dr. Rowan. Inicialmente quando descobri o método Invisalign pensei que seria a solução dos meus problemas, pois assim como muitas pessoas, posterguei a colocação de aparelhos em meus dentes por muitos e muitos anos, principalmente devido a estética e incômodo com os aparelhos fixos tradicionais.
    Após minha primeira consulta, fui alertado que o método Invisalign não se adequa a todas as necessidades mas para minha “sorte”, o meu caso poderia ser corrigido com este aparelho. Optei por ele depois de muita pesquisa e conversas com mais de um profissional especializado no método escolhido.
    Estou no meio do tratamento e, até o momento, tudo tem andado conforme o previsto.
    Só resolvi deixar meu depoimento aqui para incentivar aqueles que pensam em utilizar o Invisalign. Sugiro muita pesquisa e conversa com dentistas credenciados. Não deixe que a possibilidade de corrigir seus dentes de forma discreta e bem mais prática que a maioria dos outros métodos leve você a optar por um tratamento que não atenderá totalmente suas expectativas ($$$, período do tratamento, praticidade, resultado final).
    No meu caso, estou atingindo o resultado que me foi prometido.




  29. Maurício Rodrigues Em 12/01/2015

    Sei que o valor depende de cada caso, mas poderiam compartilhar o valor do tratamento?
    Estou com consulta marcada, por isso ainda não tenho ideia do preço.

    Oi Maurício,
    depende da variação do dólar, imagino que hoje (com o dólar mais alto) esteja mais caro do que quando coloquei, em 2011. Também descobri que há variação entre diferentes dentistas, soube de pessoas que pagaram menos que eu. Mas, em meados de 2011, paguei R$ 14k.




  30. Fabiane Em 24/02/2015

    Olá, Ale! Estava quase decidida a colocar o Invisalign, mas fiquei receosa lendo seu post. Vc considera que teve mais contras do que prós? E como está atualmente o tratamento, ainda não conseguiu chegar no resultado que vc esperava? Obrigada pelas informações sinceras e boa sorte com o tratamento!




  31. Alexandra Em 11/03/2015

    Olá! sou estrangeira e optei por este tratamento (mais curto) porque sabia que me mudaria em 1 ano e meio. Antes de assinar o contrato perguntei ao dentista (também muito famoso) que tinha usado anteriormente o tratamento fixo por 5 anos e que o único motivo pelo qual queria usar invisalign era porque meus dentes não coincidiam a com minha linha media do meu rostro (meu sorriso estava todo para um lado) Ele assegurou que ficaria tudo alinhado segundo o programinha. Terminei os 6 meses, meus dentes melhoraram SIM! mais a minha linha media não melhorou agora vou fazer a “faze de refinamento”.

    eu queria saber o que fazer se não der certo? quasse 10 mil reais, sem contar com toda a expectativa e o meu tempo! Ale, você se queixou?

    Oi Alexandra,
    com o acompanhamento da Invisalign do Brasil, me fora proposto um novo alinhamento acompanhado por outro dentista. Estou evitando falar publicamente disso até que eu tenha um parecer final – positivo ou negativo. Dado o que gastei de tempo e dinheiro, resolvi dar mais este voto de confiança. Ainda não chegaram meus novos alinhadores, eu acredito que só lá pelo fim de 2015 eu consiga ter uma opinião mais definitiva! Certamente voltarei a escrever sobre o assunto.
    bjobjo




  32. Andreia Em 22/03/2015

    Fiz uso do Invisalign por 1 ano e acabo de chegar ao fim do meu tratamento. Já usei o aparelho lingual, que achei desagradabilíssimo, pois os brackets quebram com muita facilidade e não gosto de ficar me limitando no “isso eu posso comer, isso eu não posso”. Não confio muito nos genéricos do Invisalign (que muitos dentistas hoje estão vendendo falando que é Invisalign). E os aparelhos de safira e porcelana, no final das contas, além de eu achar esteticamente feio, como tem que pagar manutenção, acabariam nem saindo tão mais barato assim do que Invisalign pra compensar a estética desagradável. Escolhi o Invisalign e, diga-se de passagem, amei. Eu não poderia ter escolhido coisa melhor. O Invisalign é um sistema maravilhoso. Poder tirar o aparelho pra sair, ir à uma festa, comer à vontade sem se preocupar em “agarrar no aparelho”, é tudo de bom!

    Quem montou todo meu tratamento foi meu noivo, que é ortodontista, e pude acompanhar tudo, inclusive instalei o programa do Invisalign no meu computador pessoal. Posso garantir para você que o Invisalign NÃO PROMETE 100% DOS RESULTADOS “ESPERADOS”. Quem monta nosso tratamento é o dentista e ele é informado sobre todas as possibilidades dentro do seu planejamento, inclusive o que pode dar errado. Todos os dentistas credenciados na Invisalign têm essa informação e têm a obrigação de falar para seus clientes sobre isso.

    Sinceramente, na minha opinião o seu problema foi com o dentista, que te prometeu algo que não tinha garantia. Se ele sabia que você só ficaria satisfeita com determinado alinhamento, ele não poderia ter te vendido algo que talvez não atingisse esse objetivo.
    Que fique claro que nem todos os dentistas “premiadíssimos” são honestos. Muitos chegam aonde chegam enganando, montando um consultório bonito em área nobre, e ganhando prêmios através dos contatos, tão honestos quanto eles.




  33. GABRIELLA MACIEL Em 07/05/2015

    Olá, qual valor aproximado deste tratamento?

    Oi Gabriella, descobri (depois de colocar o meu) que o valor do aparelho em si pode ter variação entre diferentes dentistas credenciados. Fora isso, ele tem seu valor em dólar – ou seja, sofre alteração de acordo com a variação cambial. Mas no meu caso, paguei 14k no meio de 2011.
    bjobjo




  34. Rafaella Em 26/05/2015

    Ale, acredito que talvez o seu dentista não foi muito profissional, não sei.
    Coloquei esse ano o invisalign, meu dentista tentou me convencer a usar o tradicional, falou que meu problema era simples e ia ser rápido, mas para mim não existia a possibilidade de usar o aparelho tradicional e optei pelo invisalign, ele me informou desde o momento que optei que existe a possibilidade de que mesmo quando eu terminar a fase de refinamento eu não fique 100% satisfeito e necessite de colocar o aparelho tradicional, mesmo com tudo isso escolhi o invisalign, pois pra mim se eu ficar 90% satisfeita vai ser o suficiente. Enfim, o que quero dizer é que o meu dentista foi bem sincero quanto a mostrar a realidade da opção que escolhi.




  35. Carla Em 25/06/2015

    Olá Ale,
    Estava procurando referências sobre o Invisalign na internet e achei seu post aqui.
    Achei bem interessante seu depoimento, pois mostra o descontentamento com a tecnologia da Invisalign. Sou estudante de pós-graduação em ortodontia e tive a oportunidade de fazer um curso da Invisalign.
    É sempre muito importante qndo se apresenta um prognóstico, até mesmo desse tipo de aparelho que já mostra como ficará o resultado final, dizer que cada organismo responde de um jeito, e que aquilo que o computador mostra é uma PREVISÃO de como finalizará o caso. Afinal somos humanos tratando humanos e não estamos lidando com exatidão (ortodontia já deixou de ser uma questão de fins, e passou a ser um meio). As vezes o equívoco e descontentamento ficou ai, em o ortodontista não passar isso. E isso acaba sim levando a frustração.
    Outro ponto é que as maquinas fazem o que o ortodontista mandar… Quem faz os aparelhos são máquinas e quem comanda são técnicos em informática (ninguém com noção de dentes! Hehhehe). Então é o ortodontista que de acordo com seus estudos faz o diagnóstico e o planejamento. Estou falando isso só pq no fim do post você escreve que confia mais no que é humano…
    Ja se passou muito tempo desse seu depoimento ne… Até gostaria de saber como ficou, o que você decidiu…

    Oi Carla! Há uma longa história! Foi reconhecido, digamos, um erro grave no meu caso (e eu torço para que seja de fato a exceção da regra). Estou no começo de um novo refinamento com outro doutor Invisalign. Certamente voltarei a escrever sobre isso, pois sou justa – aponto erros, mas gosto mais ainda de escrever sobre acertos. A Invisalign do Brasil me deu suporte, agora quero esperar um pouco mais antes de escrever uma nova opinião – espero que positiva!
    bjo




  36. Vanessa Em 28/06/2015

    Poxa, realmente este tipo de aparelho não vale para todos. Para mim valeu e MUITO… sou gerente comercial e tenho umas 4 reuniões por dia, tenho que manter a estética em dia e aparelho fixo, JAMAIS !!rs…. eu usava o invisalign apenas a noite e para dormir durante, usei durante 1 ano. Os resultados foram surpreendentes e MUITO melhores e mais rápidos que os resultados de um aparelho fixo (que usei durante 6 meses)… Acredito que cada caso é um caso e somente um orto para dar o total auxílio. Recomendei o aparelho para 2 amigas, ambas estão adorando os resultados.




  37. Mariana Em 12/07/2015

    Oi Ale,
    Sou ortodontista, invisalign doctor, e gostaria de esclarecer alguns pontos; o tratamento ortodontico, independente do aparelho utilizado apresenta suas limitações, o mais importante é conversar bem com o paciente antes de iniciar o tratamento e saber suas queixas principais e a partir daí elaborar um plano de tratamento. Muitas vezes para atingir a expectativa estética do paciente é necessário conjugar com outras especialidades, como por exemplo, cirurgias ortognáticas, cirurgias corretivas de gengiva, correção do formato dos dentes(cosmiatria), etc…. o importante é o ortodontista detectar a limitação do tratamento e conversar com o paciente.
    Quanto ao Invisalign, ele tem bons resultados, pode ser associado com mecânicas auxiliares (igual se estivéssemos usando um aparelho fixo tradicional). Uma grande vantagem do tratamento com Invisalign,alem de ser um aparelho estético, é o fato de nao ter emergências (soltar braquetes, fios machucando, aftas e mais aftas), e também a questão da higiene é importante, pois consegue realizar sem dificuldades, mantendo a saúde gengival. Quanto ao refinamento, é procedimento comum de ser realizado, nao demonstra o insucesso do aparelho,realmente se trata de uns ajustes finais. O mais importante agora é você ficar satisfeita com seu resultado, estou te acompanhando.
    Dra Mariana Ramalho, CRO-RJ 27527




  38. Marcela Em 28/09/2015

    Olá!
    Estamos no mês de outubro e gostaria de saber se VC está satisfeita com os resultados e se o erro foi de sua dentista ou do método americano.
    Estou fazendo meus exames e logo encontrarei minha dentista k já me mostrou este método.

    Olá Marcela,
    estou fazendo um novo processo com outro dentista credenciado (como se fosse um refinamento, mas recomeçando do zero) e decidi só voltar a opinar no fim deste novo tratamento! Espero poder voltar aqui, em 2016, com boas notícias!
    bjo




  39. Marcella Em 29/09/2015

    Ola Alesssandra ! Estive lendo seu post e realmente foi muito pertinente ! Estou com uma situacao parecida ! O meu tratamento inicial acabou agora em setembro e estou entrando no refinamento agora ! Estou preocupada com medo de acontecer exatamente o que ocorreu com você , que este refinamento nao atenda a proposta do clincheck e precise fazer novamente mais um refinamento e gastar ainda mais ! Estou no tratamento à 1 ano e meio e vou usar no minimo mais 12 alinhadores nessa nova proposta ( 6 meses pela frente)
    Nao estou insatisfeita com os resultados acho que o invisalign funciona sim porem nao no tempo previsto ! Acho que ai que esta a falha da empresa em “prometer” um prazo que nao e cumprido ! Estou ansiosa para o nova etapa porem bastante receosa com o resultado no prazo estabelecido ! Se puder mande mais informacoes a respeito dessa nova etapa de tratamento que voce fara !
    Obrigada ! 🙂




  40. Deisy C M Maciano Em 01/12/2015

    Obrigado. Hoje foi um dia daqueles! Uso aparelho convencional, já não sou mais uma mocinha.Então decidi hoje após a banda soltar e o arco maldito perfurar minha bochecha além da minha orto só atender no consultoria daqui a dois dias, que iria arrancar essa coisa maldita da idade média… Só que sei o preço do invisalign e vendo seu post e alguns comentário,s começo a achar que a perfuração na minha boca é coisa passageira.




  41. Gabriela Em 20/01/2016

    Olá! Poderia por favor compartilhar quem foi o seu dentista? Estou prestes a iniciar com o Dr Marcelo e sua historia me deixou bastante preocupada, já que o investimento é bem alto.

    Abs!




  42. Cris Em 05/02/2016

    Boa tarde, gostaria de deixar minha experiência com o invisa, no meu caso era apenas para alinhar os dentes da frente, não tive resultado satisfatório e ainda tive os dentes frontais desgastados, pois o sistema do invisa desagasta os dentes para poder ter espaço para pequenos ajustes, no meu caso foram os frontais, coloquei em 2013, tratamento durou 6 meses, paguei 5.000,00 e não fiz o refinamento … Resultado odiei




  43. Natália Em 04/03/2016

    Bom dia, ja tem muitos anos que eu nao consigo sorrir por causa de um dente bem visivel que nasceu mais para tras quando eu era criança ainda. Nunca quis usar aparelho tradicional pq particularmente acho feio e que fica com uma boca estranha. Pensei em usar o Invisaling, e tambem me falaram de um que é igual a ele, mas é de marca alema, tu já escutou falar sobre ele Alessandra? Na proxima semana marquei ortodontista pela primeira vez, espero que eu consiga sorrir de novo sem medo.
    Obrigada




  44. Renata Gonçalves Penido Em 29/03/2016

    Oh Deus! É bom ler isso antes de fazer besteira. A dúvida persiste: o desagradabilíssimo fixo novamente ou o invisível do Brasil?!
    Renata




  45. Thaís Em 03/05/2016

    Ale, estou usando o Invisalign há quatro meses e desde o primeiro alinhador estou com uma lesão na lingua devido ao contato com o aparelho. Minha ortodontista tambem é premiadissima no Invisalign e me convenceu a pagar uma fortuna pelo tratamento. Temos tratado a lesao cortando a plaquinha e colocando silicone que seria para aparelhos fixos convencionais. Estou super desapontada com o tratamento e hoje pedi que ela revisasse as plaquinhas com a Invisalign, o que ela disse que nao é possivel visto que as plaquinhas ja estao todas prontas. Gostaria de saber como vc conseguiu contatar a Invisalign Brasil porque estou me sentindo enganada e nao estou disposta a passar os próximos 8 meses com lesoes na boca. Além de hiper desconfortavel, é frustrante. Obrigada

    Tenta acessá-los pelas redes sociais?! Mas acho que sua dentista precisa interceder, no meu caso eu tive o apoio de outro dentista que quis assumir meu caso. Não acho que seja normal a lesão se prolongar por tantos meses, normalmente há esse desconforto nas primeiras placas, em período de adaptação apenas. Boa sorte!




  46. Gustavo Em 05/05/2016

    Alê, estou na dúvida entre o invisalign e o Lingual. Vi seu post e estou um tanto preocupado. Além do seu problema, confesso que encontrei uma pessoa que fazia uso do invisalign e fiquei receoso com a estética. Não é tão invisível quanto parecia e o desconforto com as babas que se acumulam dentro das placas me deixariam desconfortável.
    Vi que, em outro posto, vc comentou que esperaria 2016 para voltar a falar do assunto. Qual sua opinião hoje? Além disso, o que tem a falar da estética, acerca do aspecto que apontei?
    Aba., Gustavo

    Oi Gustavo,
    estou terminando meu tratamento – mais satisfeita do que estava em 2014, menos satisfeita com o todo como esperava lá atrás em 2011. A questão das placas nunca me incomodou, basta fazer uma limpeza diária para manter as placas limpas (ao menos no meu caso). Mas não é 100% invisível, de perto é perceptível sim, mas isso eu já sabia antes de optar por ele. Dado o conjunto de valor investido + tempo de duração que chegou a quase cinco anos no fim das contas + resultado final, não é um custo-benefício que eu considero válido e acho que não seria minha opção se eu voltasse no tempo.




  47. Gustavo Em 08/05/2016

    Entendi. Bom, pelo menos sua satisfação melhorou um pouco.
    Se permitir fazer mais uma pergunta, gostaria de saber o que acontece com o invisalign quando se toma líquidos, como água ou suco, por exemplo. Fica algo dentro do Align? Dentro dele formam bolhinhas, como de saliva? obrigado, novamente..




  48. Aline Em 24/05/2016

    Olá!!!! Primeiramente parabéns pela “coragem” em criticar esse tratamento… Vasculhei a internet inteira e seu post foi praticamente o único a criticar!!! E sei que muita gente (muita mesmo) reclama do resultado final.
    Eu particularmente odiei! Lixaram meus dentes pra ganhar espaços e eu nem sabia que teria que fazer isso. Tiraram a forma completamente de um dos meus dentes da frente. OUtro ficou super sensivel. Qualquer dentista que olhe meus dentes neste final de tratamento irá desacreditar que isto é um final de tratamento. Ressaltando que fui numa clinica de grande nome em sp no itaim.
    Se você ver minha mensagem, peço por favor pra me dizer qual foi a providência que você tomou quanto a isso. Não acho justo passarmos por isso sem ter um meio de reclamação.
    Eu fiz uma reclamação no site agora a pouco, mas não dão garantia nenhuma de resposta.

    muito obrigada por compartilhar sua opinião verdadeira




  49. Ana Paula Em 06/06/2016

    Ola,visitei varios sites para saber mais sobre o invisalign,e realmente só havia o lado positivo,mas,o que eu gostaria de saber mesmo,é o valor do tratamento,todas as materias que li sobre o produto,em nenhuma informa os valores.É cobrado um valor fechado,ja que eles tem o tempo exato do termido do tratamento?!


    Ana Paula,
    o valor varia e o formato de cobrança também. Eu pagava uma mensalidade para manutenção, já li de pessoas que não pagavam isso, mas apenas o aparelho. Pelo aparelho (não varia o valor pelo número de placas), paguei R$ 14 mil em 2011 – o valor era atrelado ao dólar, não sei como está hoje com a baixa do real. Espero ter ajudado! bjo