ALE GARATTONI

Carioca em SP, leonina, mãe da MH. Este blog é o meu hobby-recreio e aqui você vai ler posts que agradam aos olhos, à mente, à energia. Com beleza, suspiros e leveza! Cuide de sua alma e inspire-se, para ser & fazer melhor.

Lifestyle

Dica do lar: a feira em versão século 21 é online!

23 de fevereiro de 2017

A dica deste post apareceria, inicialmente, em um comparativo de três empresas com a mesma proposta ou em um review de e-commerces variados que testei/retestei e aprovei (ou detestei!) recentemente. Mas depois de concluir que prefiro indicar apenas o que gosto – e deixar pra lá o que não foi tão bom – e de ter tido todas as expectativas superadas com um serviço irrepreensível, transformei o rascunho para indicar uma empresa específica: a Pé de Aqui!

Uma rápida introdução pessoal de como cheguei a ela: tenho algum trauma de vidas passadas com feiras, não vou de jeito nenhum. Comprava tudo em supermercado mesmo, mas comecei a achar que a qualidade seria inferior e resolvi, então, testar uma outra empresa com esta mesma proposta, de oferecer online do produtor para o consumidor. Apesar de super bem indicada, não curti tanto a primeira e encontrei outras duas para fazer um comparativo antes de escolher a melhor opção. E aí chegou a terceira semana e eu fiquei impressionadíssima com a superioridade desta.

feira online
imagem feira via Shutterstock

Primeiro ponto que me ganha? Não cobra taxa de entrega, ao contrário das concorrentes anteriormente testadas – acho tão simpático quando a empresa é frete-free, admito! A navegação no site, incluindo layout e imagens, é ótima. Fiz o pedido na terça-feira à noite achando que, como nas semanas/empresas anteriores, receberia na quinta-feira – na quarta na hora do almoço, pouco mais de 12 horas depois da compra, uma entregadora super simpática e educada deixou tudo na minha portaria. Por fim, o principal: os itens vieram todos em qualidade incrível e notavelmente superior às outras e embalados com todo cuidado. Na entrega e também em um e-mail enviado minutos depois, fora ressaltado que caso algum produto não me agradasse eu poderia solicitar troca imediada. O SAC também é super ágil nas respostas, outra diferença que percebi – na primeira empresa testada, uma dúvida sobre o prazo de entrega levou quase 48 horas para ser respondida. Apresentação nota mil que mereceu, então, este post!

A Pé de Aqui entrega apenas em dez bairros de São Paulo, a fim de manter a qualidade e o padrão. Com impressão de cliente e também com os olhos da excelência no branding, acredito que isso ajude a fazer seu serviço e sua qualidade tão superiores. Para as interessadas, há uma completa variedade de verduras, legumes, frutas e até alguns produtos orgânicos disponíveis neste site oficial. Recomendo e virei cliente fiel, na torcida para que esse padrão jamais seja afetado.

 

*p.s. tenho cada vez mais evitado fazer posts que indiquem uma única empresa, porque é super chato dar uma dica espontânea e acharem que ganhei ocultamente alguma coisa – abri esta exceção porque realmente amei muito e achei que poderia ser útil a outras pessoas! Não tenho nenhuma ligação com a empresa indicada e paguei na íntegra meu pedido, tá?! Em caso de dúvida sobre qualquer post, indico a leitura desta página sobre minha postura editorial! 🙂

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Quatro “novas” it girls brasileiras: conteúdo que vale seguir!

22 de fevereiro de 2017

Atenção, muita atenção às aspas do título deste post: a relação de meninas que trago aqui não tem nenhuma descoberta da pólvora, pois todas já têm seus primeiros milhares de seguidores em redes sociais. Mas são nomes que nos últimos meses têm chamado minha atenção e que, cada uma por sua razão, despertado meu interesse neste quesito “meninas carismáticas inspiradoras” que define o real – e por tantas vezes deturpado – conceito de it girl! Mesmo já conhecidas, elas estão fora daquele circuito mais óbvio dos milhões de fãs (não sei como, aliás!) e podem ser um ar fresco no feed do seu instagram…

novas it girls brasileiras do instagram

Camila Espinosa, 8,5k* no insta
A Cami fez parte daquela geração de modelos que surgiu em um concurso registrado nas páginas da revista Capricho no comecinho dos anos 90 – quem é da nossa geração vai lembrar! De alguns anos pra cá, passou a trabalhar com moda (ela já foi minha chefe!) e hoje faz parte do time de estilo do e-commerce Shop2Gether.
O QUE EU ADORO: o mix é variadíssimo e pode incluir um pôr-do-sol em um cenário lindo, uma postura avançada de Yoga ou uma até uma selfie, mas, embora simples e bem pessoais, todos os cliques são lindos.
POR QUE ACOMPANHAR: no fim de 2016, Camila postou o recém-conquistado diploma no Institute for Integrative Nutrition, mais famosa e reconhecida escola de formação de health coaching do planeta – palestras e workshops sobre o tema estão entre suas metas de 2017 (e eu já estou na lista de espera, viu!).
SIGA AQUI: @camilaespinosa

instagram Camila Espinosa

Gisela Saback 9,4k* no insta
A próxima musa health-fit, pode anotar! Se você se sentiu meio orfã de dicas espontâneas de alimentação e inspirações para malhar depois que a primeira geração de famosas insta-fit se tornou mais popular (leia-se: mais comercial), vai gostar de acompanhar as fotos e os Stories da Gisela, com registros pessoais e (ainda!) à prova de patrocício.
em tempo: nada contra dicas patrocinadas e parcerias comerciais, mas é sempre legal descobrir também opções de conteúdo 100% editorial!
O QUE EU ADORO: com naturalidade e bom gosto, ela indica uma marca de roupas para ginástica aqui e uma sugestão de café da manhã saudável acolá! E sua disposição de ir pra cozinha quando o dia mal começou também é admirável!
POR QUE ACOMPANHAR: Gisela é linda, mas muitos de seus registros são cliques de seu ponto de vista – ou seja, o que ela está vendo, o que ela está recomendando. Mesmo que mostre várias cenas do seu dia a dia, o conteúdo tem mais a ver com dicas do que com aquele esquema me-myself-and-i que é mais comum hoje na rede.
SIGA AQUI: @giselasaback

instagram Gisela Saback

Gabriella Magalhães 8,1k* no insta
Você já a viu aqui no blog em dois recentes posts – o que mostrava sua maquiagem de casamento e o que a citava entre os destaques de 2016. Mas, me perdoem pela repetição, é impossível deixá-la de fora na lista que aponta as novas reais meninas inspiradoras, pois é com certeza uma das mais elegantes representantes da nova geração.
O QUE EU ADORO: nada de excesso de postagens nem mesmo de uma rotina de no mínimo tantos cliques por dia – ela posta quando tem “algo a dizer”. E neste algo a dizer inclua uma marca cool de beleza, um livro  sobre auto-conhecimento ou um detalhe do incrível décor de seu apartamento no Rio, onde mora.
POR QUE ACOMPANHAR: Gabriella ama moda, entende muito de arte contemporânea e tem um senso estético impecável. Tudo isso, claro, reflete em seu feed de postagens e serve de colírio para quem acompanha.
SIGA AQUI: @gabriellamagalhaes

instagram Gabriella Magalhães

Celinne Da Costa,12,3k* no insta
Uma ítalo-brasileira do mundo, assim Celinne poderia ser definida em poucas palavras. Em seu perfil, ela se descreve como adepta do couchsurfing – tendência entre jovens viajantes, que rodam o mundo em uma espécie de evolução do conceito de mochilão. Algumas de suas experiências se tornam matérias para o site da Forbes americana (onde a descobri ano passado) e muitas de suas aventuras são compartilhadas em lindas fotos de seu instagram.
O QUE EU ADORO: suas fotos são, claro, lindas – impossível ser diferente em cenários tão bem escolhidos. Mas, clique à parte, Celinne sempre compartilha impressões, dicas e informações em bem escritas legendas (apenas em inglês). Conteúdo de primeira!
POR QUE ACOMPANHAR: ora ela está na Califórnia, ora está na Austrália. Em uma semana, admira uma paisagem de tirar o fôlego na Nova Zelândia, e, logo na seguinte, surfa no Havaí. Se você quer ter a sensação de que está livre pelo mundo por alguns instantes, este é o perfil ideal para seguir!
SIGA AQUI: @thenomadsoasis

instagram the nomads oasis

* Os números de seguidores no instagram se referem a quantidade registrada no momento de publicação deste post!

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Vela-Shape 3: por que você vai amar este aparelho

16 de fevereiro de 2017

O bumbum da Izabel Goulart, imagem escolhida para ilustrar esse post, é, digamos assim, uma espécie de inspiração de sua categoria! O motivo? Ele parece ter distância absoluta da maior inimiga das mulheres, a celulite! Pois é exatamente com foco no combate desta, ops, praga feminina que alguns anos atrás desembarcou no mercado de clínicas de beleza um aparelho chamado… Vela Shape. Pois bem, se em suas primeira e segunda versões, o aparelho já era um fenômeno, a evolução número três merece sua atenção – e seu investimento, claro!

bumbum Izabel Goulart

Se eu achava que não encontraria nada mais revolucionário do que havia sido o Vanquish para mim, devo dizer que há agora um empate técnico de favoritismo. Cada um na sua função e na sua área do corpo, mas o Vela-Shape 3 trouxe um antes & depois tão impressionante como o primeiro. No segundo semestre de 2016, testei a nova maravilha na TRE Dermatologia*, clínica onde cuido da minha pele há quase cinco anos e uma das primeiras a receber a novidade em São Paulo.

Foram quatro sessões, em semanas alternadas, e, ao fim do tratamento, aquele aspecto casca de laranja tinha sido extremamente reduzido, como se vê na imagem abaixo (o que não se faz pelo jornalismo-verdade…! Mas achei que, oversharing à parte, as palavras não fariam jus ao efeito final e tomei coragem.). Claro que não dá para conquistar o bumbum-meta da Izabel Goulart só com isso, afinal o próprio tratamento prescreve exercícios, alimentação equilibrada e muita água em conjunto – aquelas regrinhas básicas que a gente jura que vai começar a seguir na próxima segunda-feira. Mas para dar um ânimo inicial, é um baita, baita incentivo. Ao menos dá pra pensar duas vezes antes de abrir a próxima Coca-Cola…

Vela-Shape 3

Em tempo: as sessões duram cerca de uma hora (metade em cada lado do corpo) e o aparelho alterna aquecimento da área e movimentos de sucção. Não senti dor, mas em alguns momentos foi preciso reforçar o gel que protege do calor para evitar a sensação de estar queimando. Já na primeira semana senti o corpo mais drenado e a pele mais lisa. Além de mais forte, o Vela 3 promete ser mais rápido que seus antecessores, já que pede menos sessões em cada tratamento prescrito – que varia a cada paciente, claro. Interessou? Dá pra ver outros antes & depois aqui neste link. Para saber mais detalhes e se informar sobre valores, o telefone da TRE Dermatologia é (11) 3845-4477. O preço por sessão depende do número de sessões contratadas.

{*O tratamento foi oferecido pela clínica TRE Dermatologia. Este texto reflete minha opinião pessoal e nenhuma compensação financeira foi recebida. O post não envolve nenhum tipo de ação comercial.}

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…