ALE GARATTONI

Carioca em SP, leonina, mãe da MH. Este blog é o meu hobby-recreio e aqui você vai ler posts que agradam aos olhos, à mente, à energia. Com beleza, suspiros e leveza! Cuide de sua alma e inspire-se, para ser & fazer melhor.

Lifestyle

Leituras de janeiro: quatro novas marcas de moda para conhecer

27 de janeiro de 2015

Neste mês consegui ler – ou ao menos folhear com atenção – quase todas as revistas brasileiras de moda. Tenho por hábito marcar e guardar o nome de marcas novas que aparecem nas páginas das minhas leituras, para que eu possa conferir as mais interessantes. Feito isso, selecionei quatro que acredito que estarão cada vez mais nos nossos radares. Vale conhecer!

CABANA
A nova marca foi lançada por Manuela Amaral Rodrigues, ex-diretora-criativa da Huis Clos, empresa na qual começou ainda como estagiária. A coleção é recheada de peças básicas com um quê criativo na medida – os chemises de linho são desejo imediato!

Cabana
{foto por Renata Chede}

BALLETTO
O ballet nunca esteve tão em alta – em parte por conta da moda recente do ballet fitness, que tem levado moças crescidas de volta aos uniformes charmosíssimos da dança. Admito que parte do meu desejo de aderir ao movimento é pura vontade de usar estes bodies e saias lindos, como os criados por esta nova marca especializada no assunto.

Balletto

STORIA LAB
O coletivo de criadores que inclui a modelo Michelli Provensi (#SouFã!) assina uma linha criativa que inclui ótimas camisetas – incluindo a modelagem muscle tee que eu mais amo no momento!

Storia Lab

GALA BASIC WEAR
Camiseta de malha é uma coisa tão básica e comum que parece fácil de achar em qualquer esquina. Mas viciadas nesta peça como eu sabem que não é bem assim: boa modelagem e material de qualidade acabam se mostrando ainda mais importantes nesse caso! Provavelmente por isso, amei o conceito desta maca, que oferece seis modelos, seis cores e corte impecável em todas elas. Quero experimentar já, pelo vídeo abaixo o caimento é mesmo excelente.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

  1. Renata Lewinski Cruz Em 27/01/2015

    Nossa facil p entrar no seu blog p comentar pelo celu (eu q num post passado reclamei da dificuldade?m, rs) !!!
    Amei essa marca Gala, vou testar!
    Ale, uma q compro p dia a dia, nao é marca top mas gosto bastante do tecido é uma da Renner da marca Cortelle. É um tecidinho q dá um caimento legal, so a qualidade q é duvidosa, tenho umas a mais de 1 ano perfeitas, outras na primeira lavagem ficaram o ó!
    Sou fã do basico, jeans e t shirt e ai gosto de uma flat (salto so sob tortura!!!!) legal, um acessorio p complementar!
    Beijos Re

    Essa versão mobile ficou bem melhor, né?! Eu também não consigo mais ler sites que não são otimizados para celulares, acho que essa tendência é cada vez mais importante.
    Obrigada pela dica!
    bjobjo




  2. Ale, adorei as indicações! Nos últimos tempos eu também estou tendo um desejo de vestir esses bodies que lembram ballet. Vou dar uma olhadinha nos produtos da marca.

    Ah, e se tu quiser conhecer mais uma marca nova, te apresento a Bendita. Fiz um post sobre lá no blog (aqui está o link se tu quiser ver: http://estilodeaudrey.com.br/bendita/)

    Beijos




  3. LIVIA GIMENEZ Em 27/01/2015

    Ale….faz mto tempo que procuro camisetas e regatas com essas da Gala!!! Vou comprar já para experimentar! Obrigada!




  4. Márcia Lo Fiego Em 27/01/2015

    Oi Ale, uma marca legal de básicos também é a mybasic mas só vende pela internet. Beijinhos




  5. Adriana Em 27/01/2015

    Eu também uso a Cortelle e amo, compro na Marisa. Todas as minhas calças sociais são dela.

    Aproveitando o gancho do comentário da Maira, do blog Estilo de Audrey (acima), você pretende oferecer a palestra/workshop “Moda atemporal: o estilo das mulheres mais inspiradoras de todos os tempos”? Do cardápio da AG Branding, é uma das que gostaria de fazer mas não sou ligada ao universo da moda.

    Boa sorte a essas novas marcas. Com crise ou não, é preciso investir nos nossos sonhos de negócios.

    Bj

    Oi Dri!
    Esse menu de palestras está disponível para contratação externa, não para os workshops independentes (os que são 100% produzidos e organizados por mim). Mas é uma ideia para um futuro de médio prazo, quem sabe?!
    bjobjo




  6. Que legal conhecer essas novas marcas! Amei o post! 🙂

    xoxo,
    Jessica




  7. Cláudia Em 28/01/2015

    Cara Ale,

    Adorei as dicas. Mas, a loja de roupas de ballet parece piada. NADA justifica os preços abusivos. Vejo uma empresa que faz algo absolutamente comum (QQ loja nos EUA ou Europa vende) por preços proibitivos, querendo abusar do consumidor brasileiro (sem essa de papo de imposto!) Para esses empresários, digo apenas que espero que o nosso consumidor encontre lojas gringas que vendem para cá.
    Abçs.




Deixe seu Comentário