Blog 'It Girls'



As marcas ‘naturebas’ de beauté no Brasil

por Alessandra Garattoni em 26 de novembro de 2014
tags: ,

Não é novidade que as brasileiras estão, há tempos, entre as maiores consumidoras de produtos de beleza. De olho nessa valiosa clientela, mais e mais marcas têm desembarcado por aqui – o que, impostos de importação à parte, pode significar o fim do excesso de peso nas viagens! Entre 2013 e 2014, um movimento específico dominou este mercado: a chegada das empresas com um quê mais natural em suas fórmulas. A francesa Caudalie foi a primeira, no ano passado, e abriu portas para as mais recentes inaugurações de Lush, Body Shop e Aesop (as duas últimas apenas com lojas físicas em São Paulo, por enquanto). Sem dúvidas, são ótimas pedidas para se abastecer com os favoritos. Os meus mais-mais?!

Lush no Brasil

CAUDALIE
Há quase três anos, tenho o Beauty Elixirspray que hidrata e dá uma “acordada” na pele, além de deixar um efeito geladinho e um cheiro maravilhoso – como um dos meus favoritos de beleza. Nas últimas férias, acabei trocando meus pontos na Sephora por uma boa leva de amostras. Nem esperava nada demais e por pouco nem lembrei de experimentar, mas estou completamente apaixonada pelo sérum e pelo hidratante (com um efeito meio mousse) da linha Vinosource.

LUSH
Sem medo de exagerar, conto que o esfoliante labial Bubblegum está no meu top 3 da vez. Ele salva lábios com tendência à destruição (oi!), deixando-os lisinhos e mega, mega hidratados – sem, no entanto, trazer efeito oleoso. Como sugere o nome, cheiro e gosto são de chiclete e eu ando com medo de ter desenvolvido um sério vício! Além dele, super-recomendo a barra corporal Sand Stone, excelente pedida para quem gosta de esfoliantes mais fortes, e o milagroso creme salva-pés Fair Trade (detesto o cheiro, detesto a consistência e detesto o efeito grudento que ele deixa, mas admito que ele recupera pés ressecados já no primeiro uso).

BODY SHOP
A inglesa que é referência mundial em produtos não-testados em animais entrou no meu radar anos atrás pela admiração que eu tinha pela fundadora, uma inspiração de business. Gosto muito dos sabonetes líquidos para corpo (shower gel) e estou louca para testar o best-seller spray de vitamina C.

AESOP
A ‘Alesop’ (entenda o trocadilho neste post!) faz parte da minha rotina de beauté há mais de dois anos. A linha Parsley Seedum dos carros-chefes – é a salvação naqueles dias em que a pele está meio sem vida, sem brilho. Uso sabonete líquido, tônico e sérum, este último meu favorito para esse efeito recuperação imediata. E o cheirinho natureba é delicioso!

Sou e sempre fui chegada nessas marcas mais naturais. Pra me deixar 100% feliz, só falta a australiana Jurlique desembarcar por aqui! 



Você vai gostar também...


Cabelos, o {meu} comprimento ideal: nem médio nem longo!

por Alessandra Garattoni em 25 de novembro de 2014
tags: ,

Há pouco mais de um mês, escrevi sobre como o cabelo médio estava dominando o instagram e dividi meu desejo de aderir à tendência. Poucas semanas depois, passei a tesoura em um bom pedaço, mas… não consegui chegar até o comprimento médio. Segui acumulando referências aqui, inspirações acolá e descobri uma alternativa para quem, como eu, gosta de fios mais longos pero no mucho: o corte da vez é cerca de cinco dedos abaixo da base do osso da clavícula. Bem mais prático do que o compridão (que, admito, está me incomodando), mas com uma mudança menos radical do que o médio. Além de ser um visual lindo por si só, ainda pode servir como um esquenta para as mais conservadoras que curtem os cabelos médios, mas não têm coragem de tirar tudo numa tesourada só.

cabelos quase longos

Lá vou eu pra tesoura mais uma vez! Acho que, aos 38, encerrei minha temporada de fios no meio das costas de uma vez por todas…



Você vai gostar também...


O modelo de salto que você vai querer nesta temporada

por Alessandra Garattoni em 24 de novembro de 2014
tags: ,

Ok, com toda licença da onda normcore da vez, mas talvez esteja na hora de voltar para as alturas e subir novamente no salto – já faz bastante tempo que abandonei esse costume e fiz dele uma ação quase-rara, mas, é fato, a gente fica instantaneamente mais arrumada com alguns centímetros nos pés (além de ter um upgrade imediato na postura e na silhueta das pernas). Mas a boa notícia é que ninguém precisa pular da rasteira para o stiletto sem escalas: que tal um salto bloco?!

look com salto bloco

Sim, o tal block heels já domina pastas do Pinterest e prateleiras de e-commerces importantes de todo o planeta. Em alturas variadas e acabamentos que vão do pretinho básico ao super decorado, o modelo do momento é super grosso – vem daí o nome, afinal – e, por isso, bem mais confortável do que qualquer outra opção de salto. Em marcas gringas e nacionais, já há versões para todos os gostos e bolsos. Pra apostar neste verão!

salto bloco

imagens: Pinterest e Net-a-Porter



Você vai gostar também...