ALE GARATTONI

Mãe da Maria Helena, profissional de branding e apaixonada por moda e beleza! Meu blog é o espaço "hora do recreio" no qual divido dicas, inspirações, apostas no universo das it girls e minha vida primeira pessoa na maternidade.

To Grávida

Festa Moana: o aniversário de quatro anos de MH

8 de maio de 2017

Quem acompanha o blog há mais tempo sabe meu estilo favorito de festinha de aniversário para minha filha: pequena, caseira, “feita por mim”. Foi assim no primeiro ano (Jardinzinho da MH), no segundo ano (Três Porquinhos na escola; Peppa Pig para a família carioca), no terceiro ano (um bolinho simples em casa). Desta vez, no entanto, tudo diferente. Em seu quarto aniversário, senti que MH já entendia mais, já curtia e esperava pela comemoração. E há meses ela vem dizendo que sua festa seria “no buffet” – um claro reflexo dela estar frequentando as festinhas dos amiguinhos, óbvio. E eu paguei minha língua e embarquei no sonho dela, um claro reflexo da… maternidade!

festa Moana Ale e MH

E quando digo que embarquei, embarquei com tudo mesmo. Fiz a festa Moana para ela. Fiz a festa para agradar as crianças. Esqueci qualquer desejo de imagens pinterísticas, de fotogenia, de qualquer coisa que fizesse o meu próprio estilo. Não foi festa para sair em blogs especializados, não foi festa para bater recorde no Pinterest, não foi festa para atrair suspiros de inspiração. Em cada detalhe, as escolhas eram para os pequenos. E posso falar? Foi a melhor coisa que fiz, nunca vi minha MH tão feliz e empolgada, ela curtiu cada segundo. E eu também, porque muitas vezes é só isso que importa. Neste post gigante, vou compartilhar cada detalhe!

festa Moana mesa

A ESCOLHA DO BUFFET: ALÉM DO CIRCUITO ÓBVIO
Sempre digo que não existe conceito mais relativo do que o caro e o barato, cada um sabe seus próprios limites e eles envolvem, inclusive, um ranking de prioridades. Eu não consigo dizer que uma festa em buffet infantil é um gasto baixo, porque realmente não acho que seja, mas acredito ter conseguido o melhor custo-benefício possível graças a um fato: arrisquei sair do circuito mais óbvio, escolhi um buffet que não faz o estilo lúdico-sem-eletrônicos que é tendência do momento e arrisquei ao fechar com um que até então não conhecia. Podia ter dado super errado, mas sexto sentido de mãe não se engana e eu fiquei super, super satisfeita.

festa MH

A ESCOLHA DO BUFFET: COMO E POR QUE FECHEI NESTE
Minha pesquisa começou orçando, sem exagero, quase vinte buffets diferentes. E logo aprendi que a variação de preços é enorme: recebi orçamentos de X a 5X. A minha disponibilidade era gastar até 2X. Avaliei todos que estavam nessa faixa – um pouco mais, um pouco menos –, priorizei os mais próximos da escola atual dela e escolhi três para visitar. Detalhe que o meu eleito quase não foi incluído na lista, pois o site, instagram e fotos são bem ruins (olha aí a importância do branding digital!), mas instintivamente fui até lá e achei super ok. Estava em dúvida entre dois, sendo que o outro fazia parte do circuito lúdico do momento, custava uns 30% a mais, mas estava ainda no meu budget. O que me fez bater o martelo? Atendimento! Fiquei encantada com a atenção, simpatia e disponibilidade em servir da funcionária Marina, que merece todos os elogios – e, olha, um aumento de salário, pois foi por ela que elegi este! Enquanto ela ganhava todos os pontos comigo, o segundo concorrente fazia um estilo mais blasé e, mesmo eu sendo prática e objetiva, prefiro empresas que fazem questão de cada cliente. Nosso eleito foi o Magic Joy, em Moema. Amo TUDO nele? Não! Mudaria algumas coisas? Certamente. Mas o capital humano deles (tanto a Marina quanto os animadores e gerente do dia da festa) é excepcional e fez cada centavo do investimento valer muito a pena. Preço justo, serviço ótimo, as crianças (que mais importavam!) amaram a combinação do brinquedão lúdico (que nós, mães, tanto gostamos) com a tirolesa e um ou outro eletrônico, como a roda-gigante de cupcakes. Se a empresa investir no Instagram e nas fotos de divulgação, certamente crescerá em preferência. E merece.

festa MH

DECORAÇÃO + LEMBRANCINHAS + FOTOS
Embora o buffet já ofereça várias opções de decoração de mesa incluídas no pacote, eu optei por uma não incluída, que foi minha favorita no tema eleito por MH. Ela é feita pela decoradora Cleuza Ferreira (eu entendia zero desse universo, mas depois a encontrei também no insta @cleuzaferreiradecoracoes e gostei de seu estilo). Para as lembrancinhas, meu intuito é que fossem de fato lembrancinhas (sem exagero!) e que fossem úteis de alguma forma para as crianças. Como elas estão na fase de escrever as primeiras letras e usam a lousa para copiar na escola, escolhi mini-lousinhas temáticas. Fiz também canequinhas personalizadas no tema. Lembrando: nada pinterístico, mas sim itens que sempre têm utilidade! Encomendei ambos em um fornecedor que encontrei no Elo7, preço bom e atende a proposta. O vendedor foi rápido, correto e eu recomendo – seu instagram é @festinhalegal. Por fim, a última fornecedora – e mais importante! – envolvida: todas as fotos deste post (exceto estas das lembrancinhas, amadoramente feitas por mim mesma!) estão entre os registros oficiais da festa feitos pela fotógrafa de família Mel Albuquerque (@melalbuquerquephotography). Não tenho nem palavras para elogiar a qualidade de seu trabalho, das imagens em si à postura e sensibilidade para clicar crianças.

festa Moana lembrancinhas

LIÇÕES APRENDIDAS: O QUE ACERTEI E RECOMENDO
Para a primeira festinha infantil que fiz nesse formato, acho que o saldo foi super positivo – vi que cada criança aproveitou do início ao fim. Mas destaco três escolhas específicas que me deixaram feliz:
• Décor especial à parte: em uma festa infantil, a mesa tem peso especial – ela serve de cenário para muitas fotos e dá o tom do tema escolhido. No dia em que fui ao buffet fazer a degustação, vi a decoração de uma festa e quase me arrependi de ter arriscado na escolha. Como faz diferença a questão estética! Também contratei à parte décor de bexigas para as mesas. Acho que quanto mais a gente puder fazer nesse sentido, mesmo que sem o tal intuito pinterístico, ajuda especialmente no efeito das fotos.
• Lista com mais pessoas: a festa de MH teve quase 100 pessoas presentes, sendo cerca de 30% crianças. Boa parte dos pacotes fixos dos buffets inclui 50 convidados (contam como pagantes pessoas a partir de 5 anos). O fato de optar por um cujo pacote inicial tinha valor menor, me permitiu eventuais extras ainda dentro do meu budget estipulado. E nesse formato buffet, eu acredito que a festinha mais cheia seja melhor em todos os sentidos – incluindo aí o fato de que MH pode convidar todos os amigos da escola atual, os da escola antiga, amiguinhos de prédio e também alguns filhos de amigas minhas, além da família, claro.
• Fotógrafa especialista: já havia contado no insta @togravida sobre minha satisfação de ter optado por uma profissional que tem foco oficial em fotos de família – o que inclui festas de aniversário. Tenho certeza que isso garante um enorme upgrade no resultado. E, no fim, são os registros que ficam, né?! Mais uma vez, recomendo mil vezes o trabalho da Mel Albuquerque.

festa Moana parabéns MH

LIÇÕES APRENDIDAS: O QUE EU FARIA DIFERENTE
Meus erros foram todos de principiante, de alguém que não sabia bem como funcionava. E todos têm a ver com a decoração – porque não precisa ser pinterístico, mas quanto mais fotogenia envolvida melhores tendem a ser os registros fotográficos. Na próxima oportunidade (ainda vou tentar fazer MH passar a escolher viagem em vez de festa!!!), eu não dispensaria…
• Bolo temático: puro erro de iniciante, nem me toquei de que o bolo que fazia parte do serviço do buffet seria um sem-tema. Certamente faria os bolos belos que fiz nos anos anteriores!
• Mais doces: pela mesma razão acima, não sabia como seria a questão dos doces na mesa. Vale pontuar que o buffet escolhido tem por padrão não colocar nada de doce na mesa, apenas servir em bandejas – como assim mesa sem docinhos para as crianças roubarem?! Insisti nisso e eles colocaram, mas numa próxima eu certamente faria doces extras: vi depois uns com tema Moana no instagram e me arrependi muito, eles teriam deixado a mesa mais linda.
• Mais décor nas mesas de convidados: contratei décor de bexiga para as mesas e fui convencida de que não seriam necessárias toalhas. Achei que fez falta. Tinha uma referência Moana de mesas com estampas naquele clima polinésio e gostaria de ter feito.

Nada, no entanto, comprometeu meu nível de satisfação. Cada detalhe da festa atendeu ao objetivo central: fazer a aniversariante muito feliz!
p.s. e mamãe satisfeita com o custo-benefício do que foi investido, tudo muito justo!

festa Moana barco

FICHA TÉCNICA
{Gostaria de reforçar que todos os fornecedores foram integralmente pagos por mim, sem nenhum tipo de parceria. A maioria deles nem sabe que tenho blog e muito menos que eu escreveria sobre. Não que eu ache que isso invalida uma dica, mas como essa é uma prática super comum hoje em dia na internet, quis pontuar que não foi o nosso caso aqui!}

Buffet: Magic Joy Moema
Decoração: Cleuza Ferreira
Fotos: Mel Albuquerque
Lembrancinhas: Festinha Legal
Vestido MH: Trois Petit

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

  1. Marcia Em 09/05/2017

    Linda a festa, linda você e linda a sua filhota MH. Resisti bravamente em festa em buffet – só fiz no aniversário de 6 anos. Antes disso, sempre festa caseira no salão de festas do prédio. Não me arrependi nem das festas caseiras nem da festa em buffet. Cada coisa teve seu momento certo. E, como você, sempre fotografia profissional. Além das lembranças que não saem da memória, é uma delícia ver as fotos, agora que tantos anos passaram. E sempre, decoração especial. Quando fazia no salão de festas, meu combo era decoração + buffet a domicílio + fotografia. A empresa que fazia o buffet a domicílio, além do serviço ótimo (contratei-os do 2o ao 6o aniversário), tinha um parceiro magnífico na parte de decoração/ lembrancinhas e bons parceiros na área de recreação. As mesas dos bolos sempre arrancaram elogios. No 6o aniversário, não consegui escapar e fiz em buffet, mas consegui negociar de locar basicamente o espaço (lúdico + corner “eletrônico”) e mantive a decoração e a alimentação com o fornecedor de sempre, que achei que daria conta do recado, nestes quesitos, melhor que o buffet mesmo. E foi fantástico. E tenha certeza: MH vai lembrar. Meu filho, que já vai fazer 12, se lembra de todas as festinhas desde o 3o aniversário. A partir do 4o, a lembrança é mais nítida. Toda esta história para dizer que admiro seu estilo pé no chão e que admiro sua abertura em vivenciar a maternidade sem preconceitos e sem idealização. Um grande beijo e que venham muitas outras comemorações. Nós, aqui, estaremos vibrando de camarote.


    Que comentário mais querido, obrigada!
    Meu intuito com meus textos é esse mesmo, mostrar que a vida real também pode inspirar outras pessoas – assim espero, sempre!
    bjo grande




  2. Rosa Em 09/05/2017

    Ale,

    Adorei o post,
    Concordo que o bolo temático dá um toque todo especial à festa, e parece até que o bolo fica muito mais gostoso.
    Próximo ano fará em buffet de novo ??
    Bj,


    Ainda tenho onze meses para começar a pensar nisso!
    bjo
    p.s. sabe que discordo da parte do bolo mais gostoso?! Os temáticos são lindos, mas em sabor prefiro os comuns! Eu teria feito pela estética mesmo!




  3. Andreia C. Em 09/05/2017

    Que delícia Ale! Lindas vocês duas!
    Obrigada por compartilhar com a gente!
    Beijos!


    Eu que agradeço pelo carinho!
    bjo




  4. Marcia Em 09/05/2017

    Só uma correção: “resisti bravamente a festa..”




  5. Gabriela Em 09/05/2017

    Que delícia de post, Alê!! Uma delícia ver a alegria de vocês!! Amei seu look tb!! Quais são os créditos? De onde é a blusa, calça, brinco e bolsa?? Amo seu estilo!! Beijo e parabéns pela filhota!!


    Oi Gabi, obrigada pelos elogios!
    Blusa Zara, calça Lado Basic e a bolsa é uma clutch em couro Epi da Vuitton que eu coloquei uma alça de corrente (ela vem com alcinha curta só).
    O brinco tem uns quatro anos e é de uma marca que não existe mais, chamava Virzi de Luca!
    bjobjo




  6. Rosa Em 10/05/2017

    Ale,

    E esse seu cabelo muso master ???? Me explica isso melhor….

    Bj




  7. Elaine Violini Em 16/05/2017

    Esse ano ainda farei a festinha em casa mas já sei que não vou conseguir escapar do buffet ano que vem!
    Vou guardar suas dicas ma horas do orçamento, nunca cotei e nem sei por onde começar. A carinha de alegria dela diz tudooooo!
    Parabéns pelo texto esclarecedor e inspirador.
    Beijos


    Que bom que gostou! Eu também estava assim, sem saber por onde começar! Mas pela alegria delas tudo vale a pena, né!
    bjo grande




Deixe seu Comentário