ALE GARATTONI

Carioca em SP, leonina, mãe da MH. Este blog é o meu hobby-recreio e aqui você vai ler posts que agradam aos olhos, à mente, à energia. Com beleza, suspiros e leveza! Cuide de sua alma e inspire-se, para ser & fazer melhor.

Lifestyle

Meninas que nos inspiram – aprenda com elas!

29 de Fevereiro de 2012

Quando eu voltei com o It, em novembro passado, tinha a certeza de que, por mais louco que possa parecer, evitaria a todo custo falar de “it girls” por aqui – e para quem pergunta “mas por que manteve o mesmo endereço do blog então?”, a resposta é que urls têm valor (literalmente) etc e tal! Acho que o termo ficou deturpado, cansativo, chato mesmo… nem eu aguentava mais, então entendo perfeitamente o bode que o mesmo causou por aí!

Mas aí no fim de semana me peguei lendo os – lindos – e-mails que recebi no fim da 1ª fase do It e muitas, muitas pessoas contavam que, lendo o blog, foram essas meninas (as it girls ou seja lá qual o novo nome iremos dar a elas!) que as ajudaram em momentos difíceis, que as inspiraram em épocas desanimadas, que as ensinaram que se arrumar e se gostar só faz bem a quem entra nessa espiral positiva.

Louise Roe no Oscar 2012

Não, você não precisa ter a bolsa da vez. Nem todos os looks mais lindos ou caros do mundo. Mas pode, com muito pouco, garantir aquele up na auto-estima que vai te ajudar no trabalho, na produtividade, no amor, na vida. E, principalmente, te ajudar internamente (que no fim das contas é a ajuda mais preciosa).

Repare nas meninas dos blogs, das fotos de street style, das matérias de estilo pessoal das Vogue de todo o planeta. Elas nunca transparecem estar em um mau dia. Elas parecem confortáveis com suas escolhas, mas estão lá com o batonzinho, com o blush, com um cabelo arrumado e brilhante (e, sejamos sinceras, hoje dá pra tratar do cabelo usando desde uma ampola Pantene baratinha da farmacia até o tratamento mais tchap tchuras do mais caro cabeleireiro). Então, ninguém tem que ficar down se achando menos linda, menos poderosa ou menos incrível – porque se comparar com as super-produzidas vestindo pijama e sem pentear os cabelos é covardia até pra Gisele Bündchen, né?!

Produções básicas

Dizem por aí que qualquer coisa que a gente faz por 21 dias seguidos vira um hábito – a teoria foi até comentada em um capítulo do livro ItGirls. Então crie hábitos se inspirando nessas meninas: unhas sempre em dia, blush (nunca ignore o poder de um blush!!), um armário editado que te ajude a usar o máximo da sua criatividade com o que JÁ está lá, sem precisar comprar nada novo. E, no mais, é usar a seguranca adquirida para ir atrás do emprego dos sonhos, do amor da sua vida ou da sua maior felicidade momentânea, seja ela uma viagem incrível, um curso muito bacana ou um passeio pelo bairro com ânimo renovado.

Porque de cara lavada e roupa de ficar em casa é, SIM, mais difícil de sacodir a poeira das fases menos legais!

Blush Chanel

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

Viagem internacional?! Farmácia no roteiro!

21 de Fevereiro de 2012

Quem resiste às farmácias? E quem resiste às farmácias internacionais, onde, além de conhecer mil novidades recém-lançadas em primeira mão, há uma infinidade de produtos que jamais chegarão até aqui. Parece besteira, mas, para muitas meninas, entrar em CVSs nos Estados Unidos ou Boots na Inglaterra pode ter um efeito de Disneylândia de adultos. O mais bacana é sair sem muito rumo prateleira por prateleira, mas fiz uma seleção dos seis itens que mais amei experimentar recentemente…

Baratinhos de farmácia

O Babylips, da Maybelline, é pra trazer uma coleção – e ter um na bolsa, um na mesa do trabalho, um em casa… Baratinho, é o melhor lipbalm que já experimentei na vida (e não sou muito fã desse tipo de produto, morro de preguiça!). Renova os lábios e os deixa prontinhos até praquele batom matte que você nunca conseguia usar por estar com os lábios ressecados. O efeito é parecido com o do bom e velho Bepantol, que salva maquiagens há séculos! Também da Maybelline, o lápis MasterDrama, que tem um efeito de kajal, ótimo para fazer olhos bem marcados, e as sombras Color Tattoo, que seguem a textura creme-gel da famosa linha Illusion D’Ombre da Chanel, hit dos blogs de beleza nos últimos tempos.

Pra remover a maquiagem nos dias de preguiça, os lencinhos umedecidos são meus favoritos. Na falta das opções deluxe da Bioderma e da KohGenDo, os baratinhos de farmácia Neutrogena Wipes não deixam nada a desejar. Meu número um é o de embalagem roxinha, que tem um cheiro delicioso e deixa a pele “pronta pra outra”! Já para os cabelos (alguém consegue fazer um rabo de cavalo ou coque sem a ajudinha providencial de um bom spray fixador?!), recomendo o top dos cabeleireiros do mundo todo: Elnett, da L’Oréal, não deixa pesar nem ficar com aquela aparência de mergulhei no laquê da vovó! Pra encerrar a seleção, um item que parece besteira absoluta, mas que é MUITO BOM. O Gilette Venus descartável tem uma espécie de gelzinho nas lâminas e, por isso, diminui a chance de alergia ou machucados em contato com a pele. Bom para momentos emergenciais – em viagens, por exemplo – nos quais a depilação com cera não está disponível!

EXTRA, EXTRA, EXTRA (divulguem, passem adiante, estejam conscientes de seus direitos e tragam seus Babylips em paz!!!)…

Leis alfandegárias

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Lifestyle

No avião: uma classe econômica “de primeira”!

2 de Fevereiro de 2012

Frase Danuza

É com essa frase forte que Danuza Leão explica suas prioridades no que diz respeito a viagens e aviões. E é compreensível: nos últimos tempos, as companhias aéreas têm, de olho no lucro, reduzido a qualidade de seus serviços e o espaço de suas poltronas na classe econômica. Esse fato, quando somado a um vizinho aéreo espaçoso ou sem limites, pode transformar um começo de férias em um verdadeiro pesadelo! O lado bom? Melhorar esse cenário e transformar o fundo do avião em um espaço mais agradável depende apenas da educação e da gentileza de quem embarca. E cada um faz a sua parte se…

* Há companhias que reduzem muito o espaço entre as poltronas e, talvez no intuito de contrabalançar, aumentam a inclinação. Resultado: um monte de gente viajando engavetada, encaixada em camadas. Uns graus a mais não farão tanta diferença pra quem reclina, mas podem causar claustrofobia no passageiro de trás. Preocupe-se também com o conforto do vizinho – se todos fizerem isso, a viagem fica mais confortável pra todo mundo!

* Na hora de sair da cadeira, cuidado com o instinto de se apoiar na cadeira da frente. Se você joga todo seu peso nela pra se apoiar, o coitado do vizinho da frente vai ficar se sacudindo como em um liquidificador! Manter as pernas comportadas para evitar chutes constantes também é de bom tom.

* Controle o volume que sai dos seus fones. Os vizinhos podem ter outro gosto musical ou, simplesmente, podem querer dormir! Ahh, e se você roncar alguns tons acima do que é possível (para o outro) suportar, por favor, evite voos noturnos e lute contra o sono o máximo que puder. Sempre!

Etiqueta no avião

* Na hora de abrir a famosa mesinha de refeições, nada de girar a trava e deixar a lei da gravidade fazer o resto! Segure gentilmente e faça com que esse trajeto não seja um susto pro vizinho da frente.

* Por falar na mesinha, tente usá-la para fins adultos, como comer ou escrever! Já vi uma dupla que resolveu jogar tapão (aquele jogo de cartas em que é preciso dar um TAPÃO quando aparece um determinado número). Imagina o desespero de quem praticamente levava esse tapa a cada minuto na cadeira anterior?!

* Foi servido o almoço/jantar/café da manhã? Suba sua poltrona para a posição vertical – ou o mais próximo disso. O vizinho de trás que não vai ter que pescar a comida dentro dos potinhos agradece!

* Viajar com crianças sempre merece uma atenção especial. Por mais que você instrua os pequenos a não gritarem ou chutarem a cadeira da frente, é impossível (e desumano!) manter uma criança imóvel ou muda por horas a fio. A melhor receita foi tema de matéria do NYTimes e ganhou tradução livre de uma expert brasileira: Gi Gueiros, mãe de gêmeos e habituada a viajar, conta mais no Minas de Ouro. Se tem filhos, não deixe de clicar aqui e espalhar a fórmula por aí!

Boa viagem!

Etiqueta no avião

imagens: GettyImages

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…